terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Fernandes vence e convence para liderar a FPJ

Jorge Fernandes venceu este sábado, dia 14 de janeiro, as Eleições para Presidente da Federação Portuguesa de Judo (FPJ). 

O ato eleitoral decorreu na sede do Comité Olímpico de Portugal (COP), em Lisboa.Num universo de 69 delegados, o candidato da lista A contou com 42 votos contra os 27 votos na Lista B de António Leal . 

O agora eleito Presidente da Federação Portuguesa de Judo, Jorge Fernandes é atualmente Presidente da Associação Distrital de Judo de Santarém.

Ler Noticia completa

Escola de Judo Ana Hormigo arrecada 13 medalhas nos


As Equipas de Cadetes (sub 18) e de Juvenis (sub 15) da Escola de Judo Ana Hormigo abriram o ano 2017 da melhor maneira, conquistando nesta 1ª jornada, 13 medalhas nos Opens de Coimbra que decorreram em Vila Nova de Poiares no passado dia 15 de Janeiro.

Da parte da manhã decorreu o Open de Juniores (sub 21) onde a equipa cadete demonstrou estar à altura para disputar medalhas com atletas do escalão superior.

Francisca Ferro Jorge, 1º ano do escalão cadete, esteve em grande destaque ao conquistar a medalha de bronze na categoria -48 kg. A judoca albicastrense conseguiu vencer 3 dos 4 combates disputados na sua poule, cedendo apenas frente à campeã nacional de cadetes 2016. Francisca Ferro Jorge, campeã nacional juvenil 2016, disputou cada combate de forma irrepreensível, terminado a prova empatada com outras duas atletas. A decisão final traiu Francisca no critério de desempate, o qual define vencedora a atleta mais leve.

Bruno Pires nos -81 kg e André Gonçalves nos -66kg tiveram uma boa prestação ao conquistarem o honroso 5º lugar. Os dois atletas venceram dois combates cada um, perderam ambos nas meias-finais e, apesar de estarem a vencer o combate de atribuição da medalha de bronze, saíram vencidos dos respetivos combates.

Ana Catarina Moura (-57 kg) venceu um combate na sua poule mas não foi suficiente para chegar à meia-final, João Gregório (-60 kg) e Marco Afonso (-73 kg) cederam no primeiro combate.

Da parte da tarde decorreu o Open de Juvenis para os judocas de 13 e 14 anos de idade onde conquistaram 5 medalhas de ouro, 3 de prata e 4 de bronze com a participação de 17 jovens judocas.

Triunfaram nas suas categorias de peso Bárbara Carriço (-36 kg) à melhor de 3 encontros com uma única adversária, Bruno Gonçalves na categoria -42 kg (4 vitórias), Afonso Folgado na categoria -46 kg (3 vitórias), João Dias na categoria -66kg (3 vitórias) e Manuel Salvado na categoria -73 kg (4 vitórias). Todos eles chegaram ao 1º lugar com grande atitude e determinação.

Subiram ao 2º lugar Denisa Grecu na categoria – 40 kg (3 vitórias), Maria Inês Rosário nos -44kg (3 vitórias) e Alberto Gomes nos -66 kg (2 vitórias), todos cedendo apenas um combate nesta jornada.

Em 3º lugar ficaram Ângela Carriço nos -40 kg (1 vitória), Beatriz Riscado nos -57 kg, Pedro Domingues nos -50 kg (1 vitória) e Rodrigo Santos nos -73 kg (2 vitórias).

Em 5º lugar ficou João Pedro Alves (2 vitórias e 2 derrotas) nos -60 kg, 7º lugar João Pedro Nunes nos -46 kg, 9º lugar Alexandre Boyko e Miguel Raposo nos -42 kg e ainda Leandro Serra nos -42 kg (Não Classificado).

A equipa técnica constituída por Abel Louro e Ricardo Louro mostrou-se bastante satisfeita com os seus pupilos, salientando o facto desta prova servir de preparação para os cadetes que brevemente disputarão o Campeonato Zonal em janeiro e de seguida o Campeonato Nacional no início de fevereiro. O objetivo para os juvenis, principalmente aos que se estreiam neste escalão, foi introduzi-los num contexto competitivo diferente do que estão habituados até aqui, dando-lhes maior diversidade de combates e consequentemente maior competitividade. O judoca João Serrasqueiro esteve integrado na equipa de arbitragem destes dois Opens organizados pela Associação Distrital de judo de Coimbra.

sábado, 14 de janeiro de 2017

Judo em Portugal - Ciclo Olímpico e Paralímpico – Rio 2016

Ao terminar o mandato, o Presidente da Federação Portuguesa de Judo – Eng.º José Manuel A. Costa e Oliveira fez o balanço do Ciclo Olímpico e Paralímpico – Rio 2016.

Para o Presidente da Federação Portuguesa de Judo - FPJ, “o ciclo Olímpico e Paralímpico correram muito bem na Federação Portuguesa de Judo ... Rio 2016. Durante um ciclo Olímpico nunca tínhamos tido tantas medalhas, que claro, são um dado importante. “ , acrescentando que “É o resultado do trabalho realizado, a nível de Cadetes, Juniores e Seniores, culminando na Medalha de Bronze da Telma Monteiro nos Jogos Olímpicos e das classificações da Joana Ramos, do Sergiu Oleinic e do Jorge Fonseca”.

Ver a  Noticia .

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Lisboa eleita Anfitriã 2016 da The Tall Ships Races

© 2016  JCMYRO

A Aporvela conquistou em Halmstad, Suécia e no âmbito da conferência anual da Sail Training International, o prestigiado Host Port Trophy que visa destacar a cidade de acolhimento de uma Tall Ships Races que mais jovens faz embarcar nos grandes veleiros. No total, a The Tall Ships Races Lisboa 2016 apoiou o embarque de 379 jovens de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal. Este número aumentou a representação portuguesa em quase 50% em relação à edição de 2012 e torna-se o número mais elevado de jovens alguma vez apoiados por uma cidade organizadora de uma Tall Ships Races, facto que deve merecer a maior atenção, sobretudo num quadro de valorização da economia azul e das carreiras profissionais ligadas ao Mar.

Este embarque foi realizado em 14 diferentes navios, nacionais e estrangeiros (Caravela Vera Cruz, NTM Creoula, Santa Maria Manuela, Summertime, Harfang Two, Sea Lion of London, 4Fun, Statsraad Lemhkhul, Gulden Leeuw, Atyla, Christian Radich, Morgenster, Alexander von Humboldt II, Tomidi), sendo ainda de destacar a presença de jovens cadetes da Marinha Portuguesa a bordo do NRP Zarco e NRP Polar que não foram contabilizados e de um número ainda maior de tripulantes portugueses que se encontravam acima dos 25 anos ou eram responsáveis a bordo das respectivas embarcações. A Aporvela, proprietária da caravela Vera Cruz fez questão de participar nas etapas Lisboa – Cádiz e Cádiz – Corunha, destacando-se a presença de um grupo de jovens cientistas patrocinados e escolhidos pela Ciência Viva.

A Aporvela requisitou à Marinha Portuguesa o NTM Creoula para a realização de 4 viagens de treino de mar no âmbito da regata (Brest-Lisboa, Lisboa-Cádiz, Cádiz-Lisboa e Lisboa-Corunha). Salienta-se também um grupo de 50 jovens da Escola Náutica Infante Dom Henrique que embarcaram no Santa Maria Manuela, igualmente requisitado pela Aporvela. Por fim, destacamos a candidatura e atribuição de fundos para 4 intercâmbios europeus no âmbito do programa Erasmus+ em que participaram 24 jovens, incluindo três jovens invisuais.


A The Tall Ships Races Lisboa 2016 teve impacto económico e mediático bem acima dos verificados na edição de 2012 o que posiciona a regata como os um dos maiores eventos de Lisboa no ano de 2016 e um dos maiores eventos náuticos de sempre em Portugal.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

28ª Corrida de São Silvestre dos Olivais

Sexta-feira - 30 de dezembro 2016 – 21h00
Centro Desportivo dos Olivais – GO fit 

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Celebração Olímpica 2016



O caminho faz-se caminhando, mas não se faz sozinho. Faz-se com os outros, ultrapassando os egos que nos habitam, os provincianismos que nos limitam, conquistando objectivos que sozinhos jamais alcançaríamos. Não há vitórias solitárias. Há vidas, há lutas e há ambições solidárias que são a base das vitórias. Que têm sempre de ser partilhadas“, palavras escolhidas para José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), rematar a Celebração Olímpica que promoveu no Centro de Congressos de Lisboa, comemorando o encerramento de mais um ciclo olímpico.

Noite de Celebração Olímpica onde o COP premiou os melhores do desporto em 2016.

Conheça tudo no link .