terça-feira, 21 de junho de 2016

Almada candidata a Cidade Europeia do Desporto em 2018.


Almada‬ é candidata a Cidade Europeia do Desporto em 2018, a revista Jogada do Mês apoia a candidatura de Almada.


Vote na sondagem em http://acesportugal.pt/

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Tiago Monteiro soma pontos importantes na Rússia


A chuva que caiu no Circuito de Moscovo baralhou as previsões de Tiago Monteiro em mais uma jornada do WTCC na Rússia. Sempre bastante rápido em piso seco e húmido, a chuva intensa levou Tiago a terminar no 6º e 5º lugares mas a somar pontos importantes para as contas do Campeonato.

A 'pole' para a primeira corrida deixava Tiago confiante numa possível vitória, mas foram precisos poucos minutos de prova para o piloto da Honda perceber que a sua tarefa seria mais complicada do que imaginava: "A manhã esteve sempre seca ou húmida e acreditei que nessas condições a vitória seria possível. Mas depois tudo se inverteu e logo após o arranque percebi que não tínhamos o equilíbrio adequado no carro para aquelas condições. Não havia andamento e fui caindo posições pese embora estivesse sempre a rodar nos limites", começou por explicar.

Para a segunda prova, realizada logo após a primeira, não houve hipóteses de fazer grandes alterações nas configurações do Honda Civic, mas a chuva tinha parado e a pista ia começar a secar: "Mas eu estava a sair de 10º, uma posição complicada. Mas quanto mais a pista secava melhor era a nossa performance. Fui ultrapassando os meus adversários até chegar a quinto. Foi o melhor que conseguimos fazer. Mas felizmente em termos de campeonato, conseguimos ganhar alguns pontos aos nossos adversários, por isso os resultados deste fim-de-semana acabaram por ser um mal menor", disse.

Tiago Monteiro é agora terceiro nas contas do Campeonato depois de os resultados da corrida de Marrocos lhe terem sido retirados. A próxima prova é sem dúvida a mais importante da época para o piloto português em Vila Real dentro de 15 dias.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

IX Torneio/Convívio Final de Aulas 2016 E II Open de Judo Adaptado “Verão 2016”

No dia 5 de junho a nossa escola realizou o IX Torneio /Convívio "Final de Aulas 2016" e o II Open de Judo Adaptado "Verão 2016".

Cerca de 170 participantes estiveram presentes na 9º edição do Torneio/Convívio e na 2ª Edição do Open de Judo Adaptado, no Pavilhão Desportivo do Agrupamento de Escolas José Sanches em Alcains.

Da parte da manhã decorreu o convívio para as crianças do pré-escolar, as quais realizaram um pequeno treino com os seus papás e ainda com o convidado especial, a mascote YUKI.

Enquanto as crianças do 1º e 2º ciclos preparavam a entrada no Torneio, alguns atletas da turma de Competição e Pré-Competição apresentaram uma demonstração para a plateia.

Pelas 11:30h iniciou-se o torneio com os judocas nascidos entre 2004 e 2009 da escola anfitriã e dos clubes participantes: Judo Clube da Guarda, Filarmónica Retamente Judo Clube, Atlético Clube Fundanense, Sport Benfica e Tortosendo, Judo Clube de Portalegre, Sporting Clube do Sabugal, Associação da Cultura e Ação Social de Marvão e Clube de Judo Torres Novas.

Na entrega de medalhas esteve presente a Presidente da Junta de Freguesia de Alcains, Cristina Granada e a albicastrense olímpica Ana Hormigo. A Escola de Judo Ana Hormigo venceu a Taça por Equipas do Torneio com 355 pontos, em 2º lugar ficou a equipa do Tortosendo com 95 pontos e em 3º lugar o Judo Clube da Guarda com 75 pontos.

Da parte da tarde decorreu o II Open de Judo Adaptado "Verão 2016" para os judocas portadores de deficiência. Nesta edição participaram 4 clubes: Escola de Judo Ana Hormigo/APPACDM de Castelo Branco, Judo Clube Pragal/APPACDM de Lisboa "Quinta dos Inglesinhos", Atlético Clube Fundanense /APPACDM do Fundão e Sporting Clube do Sabugal.

Na competição de Judo Adaptado a especificidade da deficiência é também um critério a tomar em consideração, para além do peso e da idade.

Na cerimónia protocolar de entrega de prémios, Nelson Trindade, diretor técnico da Associação Distrital de Judo de Setúbal, Pedro Serra, diretor técnico do Special Olympics Portugal, Pedro Viegas da APPACDM de Lisboa e "Quinta dos Inglesinhos" e Andrea Adrega, Professora de Educação Física no Agrupamento de Escolas Amato Lusitano e Orientadora da Prova de Aptidão Profissional da aluna Inês Ascensão, a quem coube a função de organizar ambos eventos.

O troféu por equipas foi mais uma vez para a equipa da casa com 160 pontos, em 2º lugar ficou o Judo Clube do Pragal/APPACDM de Lisboa com 60 pontos e em 3º lugar o Atlético Clube Fundanense /APPACDM do Fundão com 50 pontos.

O sucesso deste evento só foi possível com a colaboração do Agrupamento de Escolas José Sanches de Alcains, da Associação Distrital de Judo de Castelo Branco, dos 25 judocas e árbitros voluntários, do apoio incondicional da Associação de Pais da Escola de Judo Ana Hormigo, e da dinâmica da Associação de Paintball de Castelo Branco "Os Relâmpagos" e do Grupo de Escuteiros da Associação de Escuteiros de Portugal GR 170 de São Vicente da Beira, os quais disponibilizaram a zona de diversão para os atletas.





quarta-feira, 18 de maio de 2016

CONTA SATÉLITE DESPORTO - DEBATE

O Panathlon Clube de Lisboa vai promover, no dia 19 do corrente mês, no Ginásio Clube Português (Lisboa), com início pelas 21 horas, um debate sobre os resultados da "Conta Satélite do Desporto (CSD) para o triénio 2010-2012", consistentes com as Contas Nacionais (Base 2011), projecto que foi desenvolvido pelo INE, em parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude.

Segundo a sinopse emitida sobre o assunto, "no âmbito da Conta Satélite do Desporto (CSD) foram identificadas cerca de 25 mil entidades cuja actividade representou, em média, 1,2% do Valor Acrescentado Bruto (VAB) e 1,4% do emprego (Equivalente a Tempo Completo – ETC) da economia portuguesa, no triénio 2010-2012. A remuneração média na CSD excedeu em cerca de 5% a remuneração média nacional, resultado determinado pela elevada remuneração média observada nas sociedades desportivas.

A CSD contempla, além das actividades desportivas (0,3% do VAB e emprego), as actividades necessárias para realizar desporto (0,6% do VAB e 0,9% do emprego) e actividades em que o desporto é um contributo importante para os seus processos de produção (0,3% do VAB e 0,2% do emprego) ".

Esta é a primeira apresentação pública para discussão deste importante tema, o que se reputa de grande importância para os agentes que labutam em prol de um melhor Desporto em Portugal.

Os oradores são Carlos Coimbra, do Conselho Directivo do Instituto Nacional de Estatística, e o Mário Baptista, Técnico Superior do referido Instituto.