quinta-feira, 31 de maio de 2012

Emanuel Silva, Tiago Apolónia e João Pedro Monteiro na Semana Olímpica

 

Emanuel Silva (Canoagem), Tiago Apolónia e João Pedro Monteiro (Ténis de Mesa) marcaram hoje presença no Complexo Desportivo do Jamor, onde está a decorrer a quarta edição da Semana Olímpica. Os atletas interagiram com as crianças e jovens presentes no complexo desportivo dando-lhes a conhecer a sua modalidade, num ambiente de promoção do olimpismo. 


Além dos três atletas olímpicos e das suas respectivas modalidades, as 250 crianças e jovens presentes no Jamor puderam ter um contacto mais próximo com mais 8 modalidades: Andebol, Atletismo, Ginástica, Golfe, Lutas Amadoras, Pentatlo Moderno, Remo e Taekwondo.
Durante esta semana marcaram também já presença no Jamor, os atletas Arnaldo Abrantes, João Ferreira e Marco Fortes. Em paralelo, as crianças presentes têm também visitado uma exposição que dá a conhecer as várias modalidades olímpicas, a sua história, bem como os Trajes Oficiais para a Missão Londres 2012 e os equipamentos de competição da maioria das Federações Olímpicas Portuguesas. 

A Semana Olímpica terminará no dia 3 de Junho com a associação ao evento Mexa-se na Marginal, da Câmara Municipal de Oeiras, onde será promovida a experimentação das modalidades olímpicas e onde os participantes terão oportunidade de desejar boa sorte aos atletas olímpicos, num mural produzido para o efeito.
 
Fonte: Comissão de Atletas Olímpicos / COP

Franck Cammas chega esta noite a Lisboa



Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Miami (EUA) – Lisboa (Portugal)


A sétima etapa da Volce Ocean Race que ligou Miami a Lisboa está a terminar! A chegada dos velejadores, prevista para esta noite, numa corrida que se adivinha renhida até ao último momento, promete espetáculo. A distância entre o veleiros, de Abu Dhabi, e do segundo, Groupama 4, é muito pouca.

Yann Riou, membro da equipa Media do Groupama 4, comenta a expectativa que se vive em alto mar com a aproximação a terra: “Independentemente do resultado da batalha desta noite, podemos ter que usar as nossas armas novamente à medida que nos aproximamos de Lisboa, onde o vento tem previsão de ser muito fraco. O suspense é insuportável para os observadores mas também para nós elementos das tripulações…”

A chegada está prevista para esta noite entre as 20h00 e as 23h00, hora de Lisboa, mas tudo depende dos ventos que os velejadores encontrem nestas poucas milhas que faltam até à capital portuguesa.

Posição dos veleiros presentes na 7ª etapa da Volvo Ocean Race às 16:00h:
1. Abu Dhabi Ocean Racing
2. Groupama 4
3. Puma
4. Telefonica
5. Camper
6. Team Sanya 
Fonte: AnaLima Comunicação

Tiago Monteiro defronta o mítico Michel Vaillant



O fim-de-semana de 2 e 3 de Junho no Autódromo Internacional do Algarve onde se realiza mais uma jornada do WTCC vai ser repleto de muita emoção dentro e fora da pista, mas há uma novidade que agrada particularmente a Tiago Monteiro.

O mítico personagem de banda desenhada, Michel Vaillant vai estrear-se no WTCC este fim-de-semana pelas mãos do Chevrolet Cruze de Alain Menu. A personagem ganhou vida na década de 50 e tornou-se referência enquanto piloto de F1. Tiago teve mesmo a oportunidade de se defrontar com ele enquanto esteve no mundial de F1: "É bastante curioso e interessante. Será a segunda vez que me vou encontrar com Michel Vaillant. É uma personagem admirada por todos os pilotos e com histórias únicas. Vai ser uma corrida muito especial e diferente para o público", disse.

No Grande Prémio de F1 da China que deu origem ao livro "China Moon", Tiago integrou a banda desenhada de Michel Vaillant: "É curioso vermos a nossa imagem enquanto pilotos ser referenciada num livro tão prestigiado como são todos aqueles que Jean Graton produz. Sinto-me honrado e será por isso um enorme prazer voltar a esta ficção em Portimão", disse.

Para além do personagem, Tiago terá ainda a oportunidade de estar com o grande inventor de um dos mais bem sucedidos livros de banda desenhada da história: Jean Graton. O autor francês vai estar em Portimão para viver de perto todas as emoções da corrida.

92º Concurso de saltos internacional oficial COMEÇOU EM LISBOA

Imagemedia / Nuno Pragana

Os melhores cavaleiros nacionais e internacionais estão reunidos na Sociedade Hípica Portuguesa e o primeiro dia de provas conta já com portugueses bem classificados

Com início às 11h00 da manhã, o 92º CSIO de Lisboa arrancou com a prova EUROPCAR disputada em duas fases. A grande vencedora foi a inglesa Chloe Aston com o seu garanhão de sete anos, Amigo T. Em segundo lugar classificou-se o português Ricardo Gil Santos com Poker du Tyl.


Também na prova HORTO DO CAMPO GRANDE, a segunda do dia, o primeiro prémio foi para Inglaterra. Sam Hutton, que montou o cavalo Astral 57, terminou o desempate sem faltas no tempo de 40.93. A segunda posição foi arrecadada pelo português Alexandre Mascarenhas de Lemos com Wannahave. De salientar ainda os 7º e 8º lugares ocupados por Norbert Ell e Miguel Maria Bravo.


A última prova do dia – Sociedade Hípica Portuguesa – teve como grande vencedor Piergiorgio Bucci com a sua montada Waomi. O conjunto terminou o percurso, disputado directamente ao cronómetro, sem penalidades e no tempo 70.56.



Fonte :92º CSIO de Lisboa

terça-feira, 29 de maio de 2012

Miguel Oliveira no Mundial de Moto3 em Barcelona

Direitos Reservados
O Campeonato do Mundo de Moto3 tem este fim-de-semana, de 1 a 3 de Junho, a quinta jornada no traçado espanhol de Montmeló. Miguel Oliveira conhece bem o circuito e mostra-se optimista quanto a um desfecho positivo. O piloto português tem sido dos mais rápidos em pista estando sempre no topo das tabelas classificativas.

Os percalços que o jovem piloto de 17 anos tem tido, não lhe roubam a ambição, e parte para Barcelona com algumas certezas: "Estou muito confiante, pois é um traçado que conheço bem. Quero terminar com esta maré de resultados negativos que nos apareceu desde o Grande Prémio de Jerez. Iniciarei esta prova como se fosse a primeira da temporada. Começar do zero, só com a vantagem de ter a experiência das corridas anteriores", começou por dizer.

A equipa de Miguel Oliveira, a Estrella Galicia 0,0, é, em todas as provas, uma séria candidata aos lugares do pódio e o piloto português confia e acredita no trabalho da sua estrutura: "É incontestável que neste momento somos uma das equipas para estar na frente, por isso estou tranquilo. Na realidade estou com muita vontade que o fim-de-semana comece e que de uma vez por todas consiga fazer o meu trabalho como até aqui e à dar à minha equipa o resultado que merecem".

Miguel embarca para Espanha e deixa para trás os compromissos escolares que tenta conciliar da melhor forma. Mas desta vez, já com o estatuto de atleta de alto rendimento: "Não posso deixar de agradecer ao IDP, que por insistência da Federação de Motociclismo de Portugal, reconsiderou o meu estatuto e que agora me dá mais margem e tranquilidade nas minhas decisões", disse o piloto que frequenta o 11º ano e que tem no motociclismo e no sucesso escolar as suas maiores ambições.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Groupama 4 luta por um lugar no pódio



Depois de perderem o primeiro lugar para o veleiro Abu Dhabi, Franck Cammas e os seus homens, lutam para recuperar a liderança. O veleiro francês esteve na cabeça da frota durante os primeiros dias da etapa, tendo passado para quinto lugar no final da última semana.
O Groupama 4 está a cerca de 1450 milhas de Lisboa e a tripulação encontra agora bom tempo e bons ventos. Tudo parece calmo, apesar da luta eminente que poderá ser consequência de várias opções que serão tomadas nos próximos dias e que prometem ser decisivas para a vitória desta sétima etapa da Volvo Ocean Race (VOR) entre Miami e Lisboa.

A configuração da frota nesta etapa tem sido muito curiosa visto que os líderes da classificação geral estão nos últimos lugares, enquanto que os veleiros menos perigosos ocupam os primeiros lugares da etapa.

Yann Riou, membro da equipa Media do Groupama 4 comenta o estado de espírito a bordo do veleiro francês: “A bordo do Groupama 4 vai-se digerindo a desilusão dos últimos dias. A nossa posição actual não é a melhor, mas estamos focados na luta pelo pódio, apesar de conscientes de tudo o que está em jogo. As nossas ambições não são moderadas!”

A previsão de chegada do veleiro francês, Groupama 4, a Lisboa está prevista para dia 31 de de Maio.
Posição dos veleiros presentes na 7ª etapa da Volvo Ocean Race, às 13:00 horas:1. Abu Dhabi Ocean Racing 2. Puma 3. Camper 4. Team Sanya 5. Groupama 4 6. Telefonica

domingo, 27 de maio de 2012

Tiago Monteiro quer brilhar no Algarve


O Campeonato do Mundo de Carros de Turismo está de regresso ao Algarve já no próximo fim-de-semana de 2 e 3 de Junho. Em 2010 Tiago Monteiro foi a grande estrela depois de uma brilhante vitória na frente do seu público. Este ano, o piloto português continua focado em dar o seu melhor, mas sobretudo num bom espectáculo.
As últimas corridas têm sido bastante positivas para Tiago que tem conseguido intrometer-se entre o grupo da frente e registado bons resultados. Numa pista que aprecia e onde vai poder contar com o incondicional apoio dos familiares, amigos e fãs, o piloto português tem assim uma motivação extra: "Correr em Portugal tem sempre um carisma diferente pese embora a minha postura em pista seja sempre a mesma. Claro que gostava de vencer novamente, mas tenho de ser realista, é uma tarefa quase impossível. Mas, de certeza que vou estar na luta e que não vou dar tréguas. Estou centrado em fazer o melhor possível", começou por explicar.

O traçado de Portimão é conhecido pelo seu nível de exigência mas Tiago não vê isso como um problema nem mesmo as altas temperaturas que se esperam nos dois dias de evento: "O Circuito é muito rápido mas aquilo que mais o caracteriza são mesmo as curvas cegas. Por mais voltas que se faça à pista nunca nos habituamos a essas curvas. É uma pista desafiadora que leva os pilotos ao limite. São esperadas temperaturas elevadas mas acho que tanto eu como os outros pilotos já estamos habituados a correr em Portugal nessas condições", concluiu.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Aporvela e Water X levam empresas e clientes a um palco único



“The Tall Ships Races 2012 Lisboa”


A escala dos Grandes Veleiros em Lisboa é um espetáculo visual mas igualmente único como oportunidade de negócio. A APORVELA, entidade organizadora das “The Tall Ships Races 2012 Lisboa”, e a empresa Water X são parceiras nesta estadia em Portugal de mais de 40 embarcações de todo o mundo.

“As ‘The Tall Ships Races 2012 Lisboa’ são um evento de dimensão mundial. Pela primeira vez na história das seis visitas a Lisboa, a organização deste evento permitirá às empresas a utilização dos conveses para a realização de eventos privados, dando oportunidade às organizações de realizarem os mais diversos eventos a bordo. O ambiente exclusivo, histórico e marítimo aliado à espetacularidade de ter mais de 40 Tall Ships juntos num grande evento, é um fator de sucesso para qualquer ação empresarial”, explica João Meunier Mendonça.
O diretor da Water X, empresa que vai explorar os Eventos Corporate em exclusivo nas ‘The Tall Ships Races 2012 Lisboa’, não tem dúvidas em afirmar que não há cenário melhor para uma iniciativa empresarial. “Um evento ou ação empresarial a bordo de um Tall Ship é algo de memorável e de muito marcante para os participantes. O ambiente a relembrar as grande epopeias marítimas, a beleza das embarcações e o local escolhido para a realização do evento, mesmo aos pés de Alfama, é o cenário perfeito para que o seu evento fique para a história”, garante.

Especializada em experiências náuticas sem limites, a Water X abraça a concessão dos Eventos Corporate no recinto. Junto ao cais de Santa Apolónia, ao longo de 1 km, os Grandes Veleiros vão abrir os conveses. Os Comandantes e as Tripulações recebem as Empresas e os respetivos clientes numa envolvência que conta com mais de 40 embarcações e o muito público que vai marcar presença no recinto. No meio de um milhão de visitantes, os convidados vão sentir-se exclusivos. Um cocktail, uma festa privada ou um jantar a bordo podem fazer a diferença para o mundo dos negócios.

Para além de tudo isto, as Empresas podem organizar jantares de gala, apresentações de produtos, kick off empresariais, reuniões, ações de charme, teambuilding e incentivos, entre outras atividades. Com Veleiros com capacidade para receber entre 20 e 300 pessoas, é uma oportunidade única das empresas fazerem em Lisboa a sua acção e passarem aos seus colaboradores e clientes, através de uma envolvente histórica sem paralelo, um sinal da garra dos portugueses, que há mais de 500 anos exploram oportunidades no mundo.
“As empresas têm manifestado interesse embora tenham dificuldade em realizar os seus eventos nas datas propostas. Trata-se de um período de em que a maioria das empresas europeias se encontra com grande parte dos colaboradores em férias. A pensar nisso, foram criados pacotes corporate que permitem às empresas, tanto fazer o seu evento, como apenas convidarem colaboradores e/ou clientes para o visitarem de uma forma especial – acesso exclusivo às áreas VIP, possibilidade de velejar num Tall Ship, entre outras exclusividades dentro do evento como visitas guiadas às embarcações”, destaca João Meunier Mendonça.

Ao juntarem-se a este grande evento, as empresas tirarão proveito da nossa história marítima, criando um incentivo que passará a mensagem de motivação, audácia e coragem, tal como nós portugueses o fizemos há séculos. Estes eventos, ajudam a manter viva a frota dos Grandes Veleiros. Para além de ser um evento único e diferenciador, as empresas estarão a ajudar a que esta frota continue a ser uma realidade em mares nunca dantes navegados….

“A nossa expectativa é de que o evento terá grande sucesso, muito público e trará seguramente muito animação à cidade. Gostaríamos que cada vez mais se conseguisse encurtar os períodos entre visitas de forma a tornar este evento num evento da cidade e assim promover Lisboa e Portugal no mundo. Estamos a trabalhar no sentido de conseguir captar empresas para o evento de forma a garantir a sustentabilidade e assim contribuir para o regresso a Lisboa desta fantásticas embarcações”, conclui.

A Water X – Nautical Expiriences, criada em 2002, proporciona experiências inesquecíveis no Rio Tejo envolvendo speedboats, iates à vela, ski aquático e wakeboard, passeios a bordo de luxuosos iates e catamarãs ou mesmo um dia de programa dedicado à pescaria. Para conhecer Lisboa, a empresa organiza passeios de barco, com percursos que variam entre 45 minutos e três horas, podendo transportar 60 pessoas de cada vez, nos seus cinco barcos. 
 
Fonte: AnaLima Comunicação

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Ocean e GP3 com segunda ronda no Mónaco



A estreia da Ocean na GP3 em Barcelona correu de feição com a equipa portuguesa a somar os primeiros pontos para as contas do Campeonato. Este fim-de-semana de 24 a 26 de Maio no Mónaco o objectivo passa por conseguir melhorar, senão igualar, os resultados conseguidos na jornada passada em Barcelona. Para isso, em pista estará o experiente Kevin Ceccon, Robert Cregan e a representante feminina da equipa, Carmen Jorda.


Ceccon é o Campeão em título da AutoGP e mostrou em Barcelona aos comandos do monolugar da Ocean que será um piloto a ter em conta ao longo do Campeonato: "Temos de continuar o bom trabalho registado em Barcelona. Já percebemos que o andamento está lá e por isso, num traçado como o do Mónaco, temos de usufruir ao máximo dos treinos para estarmos competitivos na qualificação. Quanto mais à frente estivermos na grelha melhor será o desfecho da corrida", referiu o italiano.

Robert Cregan tem tido uma evolução notória se tivermos em conta que é a primeira época nos monolugares: "É uma das corridas mais importantes do ano. Nunca corri no Mónaco e não espero facilidades mas estou optimista quanto às probabilidades de conseguir um bom resultado. Temos vindo a evoluir positivamente", disse.

Carmen Jorda sente que quanto mais quilómetros faz ao volante do monolugar da Ocean mais confortável se sente: "No Mónaco parece que estamos no meio de um filme. É um circuito espectacular e tenho a certeza que vou gostar bastante. Estou igualmente feliz por ser a primeira mulher espanhola a correr nesta pista desde 1975. A pista é bastante técnica e exigente fisicamente mas fiz preparação no simulador e acho que estou preparada.", concluiu a piloto espanhola.

Mais uma vez José Guedes e Tiago Monteiro confiam no seu trio de pilotos: "São três pilotos com experiências distintas mas muito focados no seu trabalho. A nossa estrutura adaptou-se bem a esta nova realidade da GP3 e está centrada em ajudar os pilotos a conseguir os melhores resultados. Vai ser um fim-de-semana muito intenso para todos eles", disseram.

Groupama 4 contínua na liderança



Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Miami (EUA) – Lisboa (Portugal)


O veleiro francês Groupama 4 continua na liderança da sétima etapa da Volvo Ocean Race (VOR), entre Miami e Lisboa. Tal como era previsto, a distância entre os veleiros diminuiu significativamente nas últimas 24 horas mas Franck Cammas e a tripulação mantêm-se em primeiro lugar nesta etapa que traz todos os veleiros da VOR até à capital portuguesa. Ao longo do dia, as equipas vão tomar algumas opções estratégicas de modo a garantir a melhor posição possível para cada um dos veleiros.

A passada terça-feira não foi muito animadora para os franceses quando se aperceberam que estavam a perder a vantagem e que os rivais diminuiam a distância entre si. Franck Cammas e os seus homens estão agora focados em abrir caminho com o Groupama 4 e tentar escapar aos restantes veleiros o máximo que conseguirem. Os ventos estão com cerca de 10 a 15 nós, no máximo, e com oscilações a nível de força e direcção, o que obriga a repetidas mudanças de manobras.

Yann Riou, membro da equipa media do veleiro francês, comenta o possível futuro estratégico a bordo: “Não há um percurso óbvio por enquanto. Basicamente a frota está muito próxima e na direcção do percurso mais directo, à medida que esperam por alguma oportunidade de destaque… A opção de uma rota mais a Norte, que implica ficar próximo do gelo e lidar com as condições extremamente frias, é ainda uma possibilidade, apesar de incerta.”

Posição dos veleiros presentes na 7ª etapa da Volvo Ocean Race às 12 horas:
1. Groupama 4
2. Telefonica
3. Puma
4. Abu Dhabi Ocean Racing
5. Camper
6. Team Sanya 
 
Fonte: AnaLima Comunicação

terça-feira, 22 de maio de 2012

Mais de 250 voluntários já se preparam para o evento

“The Tall Ships Races 2012 Lisboa”

Motivação no arranque da formação

Já são mais de 250 e o número não para de aumentar! O número excedeu todas as expectativas e durante as “The Tall Ships Races 2012 Lisboa” o apoio dos voluntários vai ser fundamental para o sucesso do evento. A primeira reunião de preparação foi na semana passada e todos se mostram entusiasmados por viverem por dentro um espetáculo único.

“Já fiz muitas regatas, andei no Creoula, não podia perder esta oportunidade. Ter no Tejo tantos veleiros antigos e tanta gente diferente, uma festa tão grande, tinha mesmo que integrar a equipa não podia ficar só a ver o que estava a acontecer”, diz António Gonçalves, técnico de máquinas, na reserva da Marinha de Guerra Portuguesa.

 Os voluntários, com formação nas mais diversas áreas, partilham um gosto comum: o Mar! Com um evento desta dimensão em Portugal, Maria Costa Ferreira já sabe o que gostava de fazer durante a estadia dos mais de 40 Grandes Veleiros. “Gosto imenso de barcos, fiz um curso de vela e fiquei sempre muito atenta. Quando vi que queriam voluntários não hesitei em inscrever-me Achei que era uma oportunidade fantástica. Gostava de ser Oficial de Ligação uma vez que além de português, francês e inglês falo também dinamarquês o meu país de origem”, atira a mestre em política de energias.

Sílvia Barradas, especialista em marketing digital, é uma repetente nestas andanças e alimenta o mesmo sonho de Maria. “Estive presente há 6 anos nesta mesma regata e adorei. Não se podem perder estas oportunidades de contactos com gentes de todo o mundo. Queria ser Oficial de Ligação de um dos veleiros”, conclui.



As “The Tall Ships Races 2012 Lisboa”, que a Associação Portuguesa de Treino de Vela organiza em colaboração com a Sail Training International (STI), vão reunir em Lisboa mais de 40 Grandes Veleiros e cerca de 2.500 tripulantes de 19 a 22 de Julho.

Franck Cammas lidera o começo da sétima etapa


Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Miami (EUA) – Lisboa (Portugal)
Groupama 4 em segundo lugar na regata In-Port em Miami
Franck Cammas, Skipper do Groupama 4, lidera a sétima etapa da Volvo Ocean Race que liga Miami (Estados Unidos da América) a Lisboa (Portugal). Os veleiros estão muito próximos neste que é o segundo dia da penúltima perna da maior prova de vela do mundo.

Os veleiros presentes na 11ª edição da Volvo Ocean Race largaram no passado domingo de Miami. Franck Cammas e os seus homens tiveram um bom começo, com uma brisa suave. Com cerca de 3,590 milhas a velejar até Lisboa, os franceses estão com espirito positivo para percorrer a costa da Flórida até à Corrente do Golfo, onde é esperada uma depressão tropical.

“Esta etapa é um pouco mais curta que as anteriores, mas extremamente variável em termos de condições. Estamos muito felizes por estarmos a velejar neste percurso que é bastante familiar para alguns membros da tripulação e muito importante para a classificação geral da Volvo Ocean Race. Para além disso estamos de volta à Europa!”, comenta Yann Riou, membro da equipa Media do Groupama 4.

No passado sábado foi dia da sétima regata In-Port, em Miami, onde o veleiro francês teve uma performance perfeita. A Groupama sailing team teve um bom começo, conseguindo ultrapassar o Telefonica. Franck Cammas lutou com o veleiro dos Emirados Árabes Unidos até ao final da regata, garantindo o segundo lugar e reforçando a sua classificação do quadro geral.

Final da regata In-Port em Miami:

1- Abu Dhabi (Ian Walker)
2- Groupama 4 (Franck Cammas)
3- Puma (Ken Read)
4- Camper (Chris Nicholson)
5- Sanya (Mike Sanderson)
6- Telefonica (Iker Martinez)

Classificação geral depois da regata In-Port em Miami:

1-Telefonica (Iker Martinez): 165 points
2-Groupama 4 (Franck Cammas): 158 points
3-Camper (Chris Nicholson): 152 points
4-Puma (Ken Read): 151 points
5-Abu Dhabi (Ian Walker): 74 points
6-Sanya (Mike Sanderson): 27 points

Posição dos veleiros presentes na 7ª etapa da Volvo Ocean Race às 13 horas:
1. Groupama 4
2. Telefonica
3. Puma
4. Camper
5. Abu Dhabi Ocean Racing
6. Team Sanya

sábado, 19 de maio de 2012

Convocatória WTS Madrid


DR / FP Triatlo

 
A Federação Portuguesa de Triatlo já escolheu os atletas indicados serão para representarem Portugal na 4ª etapa do Campeonato do Mundo de Triatlo.
Bruno Pais e João Pereira vão ser os representantes nacionais na derradeira prova de qualificação para os Jogos Olímpicos de Londres 2012, a etapa de Madrid das World Triathlon Series agendada para o fim-de-semana de 26 e 27 de Maio.
 

sexta-feira, 18 de maio de 2012

“Maior Aula de Judo do Mundo” com o atleta olímpico Nuno Delgado

JCSERV 2012 / Luis MAcedo
A semelhança de anos anteriores, a Câmara Municipal vai assinalar o Dia Mundial da Criança com um conjunto de atividades lúdicas e desportivas no dia 1 de junho, das 9h.30 às 12h.00, no Campo de Jogos Municipal de Palmela. A atividade será realizada em parceria com várias instituições/coletividades do concelho e terá como lema “Família Ativa, Criança Saudável”.

Este ano, teremos a especial participação do atleta olímpico Nuno Delgado, que irá dinamizar a “Maior Aula de Judo do Mundo”. Desta forma, iremos terminar todas as atividades que estarão a decorrer em simultâneo às 11h.30, para que todos os presentes possam participar na aula de Judo.

Neste sentido, solicitávamos que a Associação pudesse divulgar esta iniciativa junto de todos os clubes associados, sendo a informação geral da atividade a seguinte:

1 junho | 9h30 – 12h00 | Campo de Jogos Municipal de Palmela (relvado)

“FAMÍLIA ATIVA, CRIANÇA SAUDÁVEL”

Atividades lúdicas e desportivas para a criança e toda a família

9h30 – 11h30 - Yoga para crianças, atletismo, circuito gímnico para bebés, futebol, ginástica, jogos tradicionais, pilates, jogos lúdicos, pinturas faciais, montagem de balões, pinturas de t’shirts, bonés ou puzzles, orientação, construção de uma ponte himalaia e muita animação

11h30 – 12h00 – “Maior Aula de Judo do Mundo” com o atleta olímpico Nuno Delgado


Para qualquer informação ou esclarecimento poderão contactar a técnica Teresa Moniz, através dos seguintes meios:
telefone: 21 233 66 36; fax: 21 233 66 31; correio eletrónico: desporto@cm-palmela.pt

Montemor-o-Velho recebe 1ª etapa do Campeonato Nacional Individual




Algumas das competições nacionais, como é o caso do Nacional de Clube e a Taça PORterra, estão praticamente a meio. Outras, como é o caso do Campeonato Nacional Individual de Triatlo vão agora iniciar-se.
Em 2012, o mais desejado título individual do Triatlo Nacional será disputado em três etapas: Montemor-o-Velho (no próximo domingo), Aveiro (a 15 de Setembro) e Lisboa (a 7 de Outubro). Todas as provas têm o mesmo valor e no final serão consideradas as duas melhores pontuações de cada atleta.


Anaís Moniz (Sport Lisboa e Benfica) e Pedro Laginha Palma (Clube dos Galitos) são os Campeões Nacionais em título. A primeira vai iniciar a defesa do título já em Montemor-o-Velho. Já Pedro Laginha, a recuperar de uma intervenção cirúrgica, não estará presente na prova de domingo.

Ana Hormigo apesar de falhar Jogos Olímpicos viajou para a China




Ana Hormigo falhou o apuramento olímpico para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 por muito pouco. Ficou a uma posição de se apurar e realizar a sua segunda presença numas olimpíadas.

Após uma semana de descanso e depois de ter sido 7ª classificada no campeonato da Europa em Chelyabinsk na Rússia, a atleta beirã viajou para Pequim (China) para participar num estágio internacional com vista à preparação das próximas olimpíadas. A equipa técnica nacional bem como a Federação Portuguesa de Judo reconhecem o trabalho e experiência da atleta albicastrense e a sua importância para a restante equipa nacional que tenta trazer para Portugal mais uma medalha olímpica para o Judo.

Ana Hormigo estará na capital chinesa durante três semanas sendo que a seguir a este estágio, irá continuar a participar e ajudar a sua equipa até às olimpíadas que se realizam no final do mês de Julho deste ano.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Caravela Vera Cruz abre ao público no domingo


“The Tall Ships Races 2012 Lisboa”

Visitas inserem-se nas comemorações do Dia Europeu do Mar


A Caravela Vera Cruz vai estar aberta ao público este domingo, 20 de Maio. A iniciativa, que assinala o Dia Europeu do Mar, decorre durante todo o dia e as visitas a este veleiro histórico podem ser feitas entre as 10 horas e as 12h30 e das 14h30 às 17 horas, na Doca de Alcântara, em Lisboa.

O público apaixonado pelo Mar pode visitar a mais exata réplica das antigas caravelas usadas pelos portugueses na ‘Era dos Descobrimentos’ antes desta se fazer ao mar durante as “The Tall Ships Races 2012 Lisboa”. O objetivo é mostrar a quem visitar a ‘Vera Cruz’ como navegavam, viviam e comiam os marinheiros naquele tempo.

Ao assinalar o Dia Europeu do Mar, no âmbito de um protocolo estabelecido com a Estrutura de Missão para os Assuntos do Mar, a APORVELA pretende ainda promover o Grande Evento do Verão em Portugal. As “The Tall Ships Races 2012 Lisboa”, que a Associação Portuguesa de Treino de Vela organiza em colaboração com a Sail Training International (STI), de 19 a 22 de Julho, vão reunir em Lisboa mais de 40 Grandes Veleiros e cerca de 2.500 tripulantes. Durante os quatro dias do evento cerca de um milhão de visitantes percorrerão o recinto de animação entre Santa Apolónia e a Praça do Comércio. Com entrada livre, o público tem a oportunidade de visitar os Grandes Veleiros, assistir a concertos e espetáculos, assim como participar em conferências e workshops sobre o Mar e sobre a cidade de Lisboa.




Fonte: Ana Lima Comunicação

Tudo a postos para a sétima etapa da Volvo Ocean Race



Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Miami (EUA) – Lisboa (Portugal)



O Groupama 4 está preparado para a grande largada que vai ligar Miami a Lisboa. Franck Cammas e os seus homens voltaram à água, na passada terça-feira, depois de serem feitos todos os testes de manutenção do veleiro.

A Groupama sailing team está preparada para a antepenúltima etapa da Volvo Ocean Race que termina em Lisboa. O veleiro francês passou em todos os testes e garante a sua boa forma.

Antes de voltar a águas norte-americanas, o Groupama 4 foi pesado. Os veleiros participantes não podem ultrapassar as 14 toneladas, o que fez com que a tripulação tivesse em atenção todos os pormenores.

“Pesar o veleiro não é complicado, mas o barco é um puzzle gigante feito de mais de mil peças. Temos que ter em atenção que não tem nada extra e também que tudo o que é necessário está colocado no lugar. Isto é o que faz o processo longo e entediante.”, explica Luc Gellusseau, responsável pelas regras da competição dentro da Groupama sailing team.

A regata In-Port, em Miami, é já este Sábado, dia 19, enquanto que a largada para a sétima etapa da Volvo Ocean Race é dada no Domingo, dia 20 de Maio, rumando os veleiros à cidade de Lisboa .

Fonte : Ana Lima Comunicação

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Ricardo Louro em Londres




Dando seguimento ao planeamento agendado para o atleta Ricardo Louro, da Escola de Judo Ana Hormigo, o emblema albicastrense esteve representado na Taça da Europa de Londres, realizada entre os dias 12 e 13 de Maio.

Ricardo Louro, a participar na categoria -100 Kg, entrou em prova no domingo, defrontando no primeiro combate o atleta espanhol, Marc Fortuny. Ricardo não foi feliz ao ser eliminado da prova pelo atleta do país vizinho, depois de cinco minutos iniciais e já no Golden Score, por um castigo aplicado pela equipa de arbitragem que avaliou falta de combatividade ao atleta albicastrense.

Com esta derrota, Ricardo Louro não foi repescado na prova e terminou como não classificado, não conseguindo assim qualquer ponto para o ranking. Continua, deste modo, à procura dos primeiros pontos para estar presente no europeu de Sub23.

Ricardo Louro está pelo primeiro ano a realizar algumas provas do exigente circuito europeu (Taças da Europa) e irá brevemente estrear-se em provas do circuito mundial (Taças do Mundo). Ainda este mês, estará em Madrid a representar a insígnia albicastrense. Recorde-se que este atleta é único atleta do interior do país a representar Portugal nestes eventos de referência.
Fonte: EJAH

Naval Cup IV define Masters “Circuito Ask4help”


Os courts do Clube Naval do Funchal serão palco, nos próximos dias 18 e 19 de Maio, da última etapa do “Circuito Ask4help”. Trata-se, portanto, da Clube Naval Cup IV, decisiva para a conquista de um lugar entre os 16 primeiros do ranking, os reservados para aqueles que marcarão presença no Circuito no Masters. A etapa anterior acrescentou emoção à luta pelos diversos lugares, começando logo pelo topo, onde Ricardo Santos lidera com uma vantagem “tangencial” de 10 pontos sobre Milton Teixeira. Nos lugares seguintes surgem Pedro Gomes, Paulo Marques e Paulo Oliveira, que estão separados entre si por 60 pontos.

Destaque ainda para a ascensão de Juan Gomes até ao 9.º lugar, a 5 pontos de ganhar lugar entre os 8 que jogarão pelo título de Campeão do “Circuito Ask4help”, bem como de vários atletas que espreitam pela oportunidade de assegurarem a sua presença nos Masters B. Neste particular, a Naval Cup IV será o tudo ou nada para vários jogadores, alguns dos quais boas surpresas no panorama desportivo regional, casos de Hélder Fernandes, Nuno Franco e João Francisco Cunha, noutros casos regressos auspiciosos, como Miguel Perestrelo Silva, Isaque Silva e António Abreu.

Aguarda-se uma participação superior a 30 jogadores, à semelhança do que sucedeu nas etapas anteriores, com os jogos a terem início ao final da tarde de sexta-feira e prolongarem-se até às finais, a realizarem-se logo ao início da tarde de sábado, nos courts da Quinta Calaça.
 
 
Fonte: Ana Lima Comunicação

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Escola de Judo Ana Hormigo em Ferreira do Zêzere




No dia 12 de Maio, a Escola de Judo Ana Hormigo deslocou-se a Ferreira do Zêzere para participar no Torneio Projecto Jovem organizado pela Associação Distrital de Judo de Santarém e pela Associação de Marinheiros de Ferreira do Zêzere, que contaram com o apoio da autarquia e freguesia locais.

Os pupilos da atleta olímpica marcaram presença em grande número, sendo mesmo o clube mais participativo, com cerca de 60 atletas, numa prova que contou com duas centenas de participantes aproximadamente.

Os atletas participantes com idades compreendidas entre os 6 anos e os 13 anos viajaram até Ferreira do Zêzere com o intuito de realizarem mais um torneio, onde o lema é um pódio para todos. Mas os pequenos judocas não quiseram brincar ao judo e proporcionaram-nos belos pormenores e bons momentos de judo.

A escola de Judo Ana Hormigo, para além de ser o clube mais participativo, foi também o clube que alcançou o 1º lugar por equipas, tendo conquistado 13 medalhas de ouro, 9 de prata e 34 de bronze, o que demonstra o excelente trabalho e progresso realizados, tanto pelos atletas como pela equipa técnica. Por fim, importa referir o excelente trabalho e apoio dos encarregados de educação. 
 
Fonte: EJAH

sábado, 12 de maio de 2012

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Ocean alinha em Barcelona com Melker e Victor Guerin


A Ocean Racing Technology enfrenta em Barcelona a quarta ronda da temporada da GP2 Series. Nigel Melker e Victor Guerin serão os pilotos em pista para fazer vingar a equipa portuguesa. O piloto holandês tem vindo a efectuar uma evolução notória nesta início de época enquanto o piloto brasileiro, que tem dado cartas na AutoGP, se irá estrear no Campeonato.

Melker gosta particularmente do Circuito espanhol de Montmeló, traçado onde teve oportunidade de testar: "Sempre tive bons resultados neste circuito por isso estou confiante que serei capaz de extrair todo o potencial do carro em ambas as corridas. Na última ronda no Bahrein demos um passo em frente em termos de 'set-up' do carro e espero continuar esta evolução neste circuito", referiu.

Por seu lado, Victor Guerin terá pela frente um fim-de-semana de descoberta do novo carro e de adaptação a esta nova realidade: "Estou muito feliz pois é a realização de um sonho. Sempre quis muito correr na GP2 e fiquei muito feliz com o convite do Tiago Monteiro. Ainda bem que conheço Barcelona mas não será tarefa fácil conhecer o carro, que é completamente novo para mim, em apenas meia hora de treinos. Mas estou tranquilo e a querer aproveitar ao máximo esta experiência na minha carreira", disse.

Tiago Monteiro e José Guedes estão satisfeitos com a dupla de pilotos que vão representar a equipa: "O Nigel tem vindo a fazer um bom trabalho e acreditamos que em Barcelona estará ainda mais competitivo. Estamos muito contentes com a vinda do Victor para a Ocean e para a GP2. É um piloto muito jovem mas com um talento enorme e muito bem recomendado. Vai ser um desafio muito grande para ele mas estamos aqui para o ajudar. O objectivo é que adquira experiência este fim-de-semana", disseram os responsáveis da equipa portuguesa.

Groupama 4 no pódio em Miami



Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Itajaí (Brasil) – Miami (EUA)


O veleiro francês, Groupama 4, cortou a linha de chegada em Miami às 00:29:04 horas de hoje, depois de 17 dias, 7 horas, 29 minutos e 4 segundos no mar ao longo da costa brasileira.

Franck Cammas conseguiu superiorizar-se ao ataque dos espanhóis do Telefonica até ao final em Miami. Este resultado é fruto de um bom trabalho da Groupama sailing team e assegura aos franceses o segundo lugar na classificação geral.

Esta foi provavelmente a etapa mais stressante para Franck Cammas e para a restante tripulação. Desde o começo em Itajaí, no Brasil, há 17 dias atrás, o Groupama 4 ocupou a última posição da frota, no entanto os franceses nunca desistiram e gradualmente foram subindo até ultrapassarem o Abu Dhabi e o Telefonica.

“Estamos um pouco frustrados porque não conseguimos lutar pelo primeiro lugar durante as duas semanas, o que foi difícil de aguentar. Felizmente a última semana provou ser melhor quando conseguimos ultrapassar o Abu Dhabi e o Telefonica: fizemos um óptimo trabalho em termos de classificação geral. Acabámos bem esta sexta etapa, mas tivemos um começo tão mau que até nos questionámos o que estávamos a fazer na Volvo Ocean Race. Não estivemos bem nos primeiros dias de prova: não tínhamos um bom pressentimento com o barco. No entanto conseguimos manter-nos calmos e focados nos nossos objectivos principais. Voltámos ao ataque devido a uma série de boas decisões que tomámos, o que nos voltou a motivar muito. Acabámos à frente dos espanhóis que velejaram sempre muito bem. A nível físico esta foi a etapa mais fácil até agora, apesar do calor, a nível psicológico foi a mais stressante desde o começo em Alicante… A classificação geral está ainda muito próxima: ainda está tudo em aberto e a batalha vai continuar!”, comentou Franck Cammas, skipper do Groupama 4, à chegada a Miami.


Posição dos veleiros na sexta etapa da Volvo Ocean Race, entre Itajaí (Brasil) e Miami (EUA):

1-Puma (Ken Read)
2-Camper (Chris Nicholson)
3-Groupama 4 (Franck Cammas)
4-Telefonica (Iker Martinez)
5-Abu Dhabi (Ian Walker)
6-Sanya (Mike Sanderson)


Classificação geral depois de seis etapas:

1-Telefonica (Iker Martinez)
2-Groupama 4 (Franck Cammas) 3-Camper (Chris Nicholson)
4-Puma (Ken Read)
5-Abu Dhabi (Ian Walker)
6-Sanya (Mike Sanderson)

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Ocean preparada para estreia na GP3 Series



No próximo fim-de-semana de 11 a 13 de Maio no traçado espanhol de Montmeló, a equipa portuguesa da Ocean Racing Technology vai dar início à temporada 2012 da GP3 Series, Campeonato que se estreia esta temporada. O trio de pilotos encarregue de vestir as cores nacionais são Kevin Ceccon, Robert Cregan e Carmen Jorda. Para já nenhum dos pilotos avança com objectivos concretos focados que estão em avaliar primeiro o desempenho da concorrência.

Kevin Ceccon campeão em título da AutoGP está confiante neste início pese embora não tenha feito todos os testes de pré-temporada com a equipa: "Estou ansioso por dar início à temporada depois de o longo período de Inverno sem competir. Penso que tanto eu como a equipa estamos preparados para o começo da temporada e focados em alcançar o melhor resultado possível. Vamos ver o que nos reserva", disse.

Robert Cregan que competiu no V8 Supercars evoluiu bastante nas sessões de treinos e está expectante quanto a este arranque de temporada: "É a primeira corrida para a equipa e para mim neste Campeonato. Estou bastante ansioso para o ínicio do fim-de-semana. Espero poder ter condições para lutar pelos lugares próximos do top 10. Conseguir isto seria para mim um bom começo de temporada".

Para a representante feminina na equipa, Carmen Jorda: "Estou muito entusiasmada por fazer a primeira corrida de GP3 em 'casa'. Será uma prova especial porque o circuito de Montmeló remete-me para os bons momentos que ali passei na Formula 3. Vai ser uma corrida importante para mim e para a equipa. Será apenas a terceira vez que vou estar o volante do carro mas penso que nos testes fiz um bom trabalho e que estou preparada", disse a piloto espanhola.

Tiago Monteiro e José Guedes confiam em pleno na sua equipa e estão cientes das capacidades de cada um: "Toda a equipa técnica está preparada para mais este desafio. Os pilotos apresentam níveis de experiência muito diferentes mas todos estão motivados e empenhados em mostrar o seu trabalho, o que nesta fase é o mais importante", disseram os responsáveis pela equipa portuguesa.

Santa Maria Manuela e Creoula: 75 anos de história




“The Tall Ships Races 2012 Lisboa”
Festa de aniversário em Lisboa num aperitivo para a Grande Regata

Dois navios, dois veleiros, dois antigos bacalhoeiros…dois irmãos…gémeos! O Santa Maria Manuela e o Creoula completam esta quinta-feira, 10 de Maio, 75 anos desde que foram lançados à água. As comemorações decorrem em Lisboa, na Marina do Parque das Nações, num autêntico aperitivo para as “The Tall Ships Races 2012 Lisboa” onde vão estar os dois veleiros com a bandeira portuguesa. Visitas gratuitas: , 12 e 13 Maio das 10H00 às 20H00.

“É um evento de uma magnitude fantástica e que representa o expoente do gosto pelas coisas do mar. Não é a regata em si, mas o espírito que encerra o evento - a amizade e camaradagem, a alegria e, claro, a beleza destes navios. A participação do Creoula dá-me muita satisfação, em primeiro lugar por ser mais uma Bandeira Nacional a participar e, em segundo, por ser a oportunidade de muitos jovens portugueses poderem navegar com a camisola das Quinas envergada, sentindo o que é estar lado a lado com uma guarnição da "sua" Marinha, todos a puxar ao máximo”, explica Nuno Cornélio da Silva, comandante do Creoula.

A mesma opinião é partilhada por António São Marcos. O Comandante do Santa Maria Manuela vê nas “The Tall Ships Races” uma oportunidade de partilhar de uma comunidade com os mesmos objetivos. “É o chamamento e o treino dos jovens nas atividades náuticas e o desafio da grande vela oceânica e a possibilidade de representar Portugal nessa comunidade e nas comunidades dos portos que visitamos durante os Festivais que se organizam”, diz.

No ano em que os dois veleiros portugueses assinalam uma data simbólica – 75 anos no Mar com a bandeira portuguesa – a participação no evento do Santa Maria Manuela e do Creoula fazem ainda mais sentido. Os dois responsáveis sentem-se privilegiados por estarem ao comando de dois navios históricos para o país. 
“É um privilégio e um sonho concretizado. Mas é também uma enorme responsabilidade comandar um navio destes. Exige muita consciência, considerando que os instruendos que cá embarcam não são profissionais do mar. Em termos históricos vergo-me humildemente perante os capitães que o souberam levar e trazer ano após ano, entre 1937 e 1973, das gélidas e tempestuosas águas da Groenlândia”, revela Nuno Cornélio da Silva. António São Marcos incorpora também o espírito da educação e, qual professor, olha para os ‘alunos’ que se atrevem a ir para o Mar a bordo do Santa Maria Manuela: “Em primeiro lugar sinto-me feliz pela vocação que tenho para o mar e pelo gosto que nutro por este tipo de navios. Em segundo lugar, desempenho a função com espírito de missão no sentido de reiniciar uma escola há muito perdida de navegação à vela em grandes veleiros da Marinha Mercante.”

Os irmãos gémeos Creoula e Santa Maria Manuela são hoje duas provas vivas dos Grandes Veleiros portugueses. Ambos partilham a história depois de terem sido construídos num tempo recorde de 62 dias úteis nos estaleiros da CUF, em Lisboa, em 1937. Os dois são hoje, a par do Argus e do Gazela, os últimos sobreviventes da Frota Branca Portuguesa e promovem junto da população mundial os valores do Mar e de Portugal.

“Como a única maneira de ir para o mar é de navio, o Santa Maria Manuela e o Creoula constituem, pelas suas características, o meio ideal no chamamento dos jovens para o Mar”, garante António São Marcos. O comandante do Santa Maria Manuela não tem dúvidas em afirmar que os dois navios são hoje “dois estandartes na promoção de Portugal nos portos estrangeiros”.
Nuno Cornélio da Silva, que tem a responsabilidade de estar ao leme do Creoula, acredita ser fundamental a educação dos jovens portugueses para um país que se quer afirmar no e pelo mar. “Nunca haverá navios e embarcações a mais no nosso país, pois é no azul profundo – a ver, a tocar, a sentir e a incorporar – que se pode entender a dimensão da importância estratégica que o mar representa para Portugal”, atesta.

O Comandante da Marinha portuguesa garante que os dois veleiros são verdadeiros pilares para despertar os jovens criativos nacionais. “O Creoula ou o Santa Maria Manuela são bons para que os jovens se apercebam das profissões ou oportunidades de negócio que existem relacionados com o mar, que são muitas, e se disponham a arregaçar as mangas”, conclui.

O Santa Maria Manuela e o Creoula são dois dos cerca de 40 Grandes Veleiros já inscritos nas “The Tall Ships Races 2012 Lisboa”. A prova vai passar por Portugal entre 19 e 22 de Julho e são esperados mais de 2.500 tripulantes de diversas nacionalidades e de países espalhados por todo o mundo. As “The Tall Ships Races 2012”, presented by Szczecin, são o maior evento organizado pela Sail Training International em águas europeias.
 
Fonte: Ana Lima Comunicação

terça-feira, 8 de maio de 2012

Mural dos Presidentes e o Quadro de Honra dos Atletas do CNF


No âmbito das comemorações do seu 60.º aniversário, o Clube Naval do Funchal inaugurou, na tarde de sábado passado, na Casa Mãe da Quinta Calaça, o Mural dos Presidentes, constituído pelas fotos dos 12 presidentes da Direcção do CNF desde a sua fundação até à atualidade, acompanhada por uma pequena biografia. A cerimónia contou com a presença de Jaime Freitas, Secretário Regional de Educação e Recursos Humanos, em representação de Alberto João Jardim, Presidente do Governo Regional, que assistiu também ao descerrar do Quadro de Honra dos Atletas do CNF, onde são destacados aqueles que alcançaram os resultados mais prestigiantes a nível internacional.

A este propósito, o governante congratulou o CNF pelo trabalho que tem desenvolvido ao longo destes últimos 60 anos. «Quando comemoramos um aniversário, é altura de olhar para trás e vermos as nossas raízes, de onde viemos e também homenagear aqueles que foram responsáveis pelo impulso que nos fez chegar até aos nossos dias. Este Mural dos Presidentes do CNF é um pouco isso», sublinhou Jaime Freitas. «Continuem a ser um grande contributo para o desenvolvimento do desporto regional. Contamos convosco para levar o nome da Madeira mais longe.»

Registo ainda para a entrega das medalhas aos sócios que perfizeram 25 e 50 anos de ligação ao CNF, momento sempre carregado de algum simbolismo, e para o habitual jantar de aniversário, que este ano mereceu a presença de Irineu Barreto, Representante da República para a Região Autónoma da Madeira.
Fonte:Ana Lima Comunicação

segunda-feira, 7 de maio de 2012

White Sharks vencem Liga Fertagus



A equipa juniores A dos WS de Almada venceram a Liga Fertagus de Softebol que se disputaram no passado sábado, 5 maio na Pista Municipal de Almada.
A equipa de Almada uma habitue destas andanças revalidou o titulo, nesta ocasião foram disputadas várias finais de diferentes categorias.
Decorreu com o fair-play, em que todos contribuíram para mais um momento de promoção do softebol.
O responsável pela equipa de DE da PS, prof. José Rocha, testemunhou o excelente espírito em que decorreu estas finais, presidindo à cerimónia final de entrega de prémios.

Groupama 4 no pódio



Groupama - Volvo Ocean Race 2011/12

Itajaí (Brasil) – Miami (EUA)


Franck Cammas alcançou o objetivo de chegar ao pódio, ocupando agora o terceiro lugar na hierarquia da sexta etapa da Volvo Ocean Race. O Groupama 4 ultrapassou o espanhol Telefonica e encontra-se a 72 milhas do líder norte-americano Puma.


As tripulações estão em alto mar há duas semanas e cada vez mais perto de Miami, cidade que recebe o final desta etapa. O término da perna estava agendado para o passado domingo, tendo sido adiado por mais uns dias.

Apesar de parecer muito longo, o percurso que o Groupama 4 tem feito pelo Mar das Caraíbas é digno de um cruzeiro de sonho. Yann Riou, membro de equipa Media da Groupama sailing team, confessa que: “Temos momentos em que quase nos esquecemos que estamos a competir na Volvo Ocean Race e aproveitamos para saborear toda a paisagem e todo o ambiente em que temos velejado nos últimos dias.”

Estes momentos de prazer que a tripulação consegue desfrutar não ultrapassam a frustração que têm sentido por estar, na segunda semana de regata, na retaguarda da frota. O Groupama 4 teve alguma dificuldade em encontrar uma posição favorável para se aproximar dos líderes desta sexta etapa da Volvo Ocean Race, entre Itajaí (Brasil) e Miami (EUA). Franck Cammas tem ainda cerca de quatro dias para assegurar a sua posição no pódio, antes de chegar às calmarias da Florida.

Posição dos veleiros presentes na 6ª Etapa da Volvo Ocean Race, às 15:00 horas:

1 - Puma
2 - Camper
3 - Groupama
4 - Telefonica
5 - Abu Dhabi

Fonte: AnaLima Comunicação