quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Torneio de Veteranos “ Nossa Senhora da Porta”


Realizou-se no passado sábado, dia 14 de Setembro de 2019 a sexta edição do Torneio de Veteranos “ Nossa Senhora da Porta”, que contou com a presença da equipa da casa, o Clube de Rugby Os Garranos, e as equipas convidadas para esta edição: SCRUM Rugby Braga e os Melgachos Vellos Rugbiers, vindos de Vigo (Espanha).

Assistiu-se a uma bela tarde de Rugby, e onde os resultados eram o que menos importava, imperou a boa disposição e o convívio entre as equipas.

Terminados os jogos, teve início a característica e famosa 3ª Parte, onde Os Garranos brindaram os presentes com um churrasco.

Pela noite dentro, juntaram-se aos foliões, num jantar convívio em plena festa da Nossa Senhora da Porta.

No momento alto da noite, fomos recebidos “em palco” pela comissão organizadora das Festas da Nossa Senhora do Porta que brindaram as equipas com um troféu de participação nesta, que já é, a sua 6ª Edição.

Fonte : CRAV 




quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Skywalker Young Guns marcaram presença na última ronda do Troféu Rotax

Os pilotos da Skywalker Young Guns, Rodrigo Seabra e José Pinheiro estiveram no Bombarral para a última jornada do Troféu Rotax. Rodrigo na categoria Micro esteve em bom plano conseguindo dois quartos lugares finais. José Pinheiro, entre os pilotos da Mini, não teve tanta sorte. Apesar de ter conseguido um terceiro lugar na Final 1, nas Final 2, fruto de uma desclassificação ficou com o nono posto.

Independentemente dos resultados, as corridas deste fim-de-semana foram importantes sobretudo quando se avizinha a última jornada do Campeonato de Portugal de Karting onde ambos competem.

Fonte:Skywalker

terça-feira, 3 de setembro de 2019

ABANCA Galicia Classic Surf Pro

© WSL / Masurel
Está a decorrer a ABANCA Galicia Classic Surf Pro, de 1 a 7 de setembro na praia de Pantin, Valdoviño na Galiza, Espanha .

Esta prova (
a 9º etapa) da qualificação Europeia (QS) da World Surf League (WSL), o ABANCA Galicia Classic Surf Pro é o primeiro de três grandes eventos de qualificação que a região da Galiza recebe onde estão os melhores surfistas, que lutam para estar no Championship Tour.

Fonte WSL

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Gonçalo Bandeira estreia-se no Campeonato do Mundo de Downhill 2019

Miranda Bike Parts
Atleta Miranda Factory Team garante o 22º lugar nos Juniores
O Mont-Sainte-Anne no Quebec - Canadá, foi palco no passado fim-de-semana da edição 2019 do Campeonato do Mundo de Downhill. O traçado canadiano com aproximadamente três quilómetros de extensão e sensivelmente seiscentos metros de desnível, recebeu pela terceira vez na sua história, esta importante competição de seleções.
O atleta da formação Miranda Factory Team Gonçalo Bandeira, ainda a recuperar da lesão contraída em Lenzerheide, apresentava-se como o único atleta português na categoria de Juniores. Na qualificação e com uma saída de pista, Gonçalo era apenas 37º classificado. Já no derradeiro dia de competição e no rápido mas bastante deteriorado traçado, o atleta Miranda Bike Parts viria a garantir a 22ª posição final.
No final, Gonçalo comentou: “Estou contente por ter cumprido a minha primeira edição do Campeonato do Mundo. Sei que não estava a 100% devido à lesão, no entanto sei que ao longo desta temporada já mostrei todo o meu valor. Para a semana temos prova nos Estados Unidos, onde quero obviamente estar entre os atletas da frente. Aproveito para agradecer a oportunidade por parte da FPC-UVP e todo o apoio da minha equipa”.

Fonte: Miranda Bike Parts

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Emanuel Pombo com pódio em França

Bosch EMTB Challenge - Avoriaz
Situada no coração da região “Portes du Soleil”, a estância de Avoriaz foi palco este fim-de-semana, da derradeira ronda do Bosch EMTB Challenge 2019. Com excelentes condições climatéricas para os atletas, a prova francesa contou com aproximadamente 35 quilómetros, 1000 metros de desnível positivo e seis exigentes especiais.
Com duas vitórias absolutas nesta competição, o madeirense Emanuel Pombo é sempre um dos principais candidatos à vitória. Cada vez mais habituado a esta especialidade, o atleta Miranda Factory E-Team entrou da melhor forma na competição, vencendo destacado a primeira especial. Perdendo algum tempo nas exigentes subidas que se seguiram, Pombo viria a concluir esta etapa no terceiro lugar.
Satisfeito, Emanuel Pombo comentou: “Este fim-de-semana estava bastante motivado. A prova correu bem e conseguimos mais um pódio. Entrei na liderança da prova ao vencer a primeira especial de descida com alguma vantagem, mas infelizmente perdi algum tempo nas de “uphill” e foi o suficiente para não conseguir chegar ao lugar mais alto do pódio. O Jerome Clementz esteve forte e levou a melhor desta vez, mas estamos no bom caminho.”


A próxima prova da Miranda Factory E-Team será o Campeonato do Mundo de E-MTB em Mont-Saint-Anne, Canadá a 28 de agosto. Agora na categoria de E-Bike, Emanuel Pombo irá uma vez mais representar as cores de Portugal na principal competição mundial.

Fonte: Miranda Bike Parts

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Nazaré acolhe finais de Ultimate de Praia

Este fim de semana na Praia do Salgado


No próximo fim de semana, dias 13 e 14 de julho, a Praia do Salgado, na Nazaré, acolhe as finais da Liga Nacional de Ultimate de Praia (equipas mistas) e do Campeonato Nacional de divisões Masculina e Feminina, organizado pela APUDD (Associação Portuguesa de Ultimate e Desportos de Disco).
Depois do sucesso obtido no Campeonato Europeu de Ultimate de Praia, em maio passado, em Portimão, os jogadores das seleções portuguesas, vão agora competir pelos seus clubes.
No sábado, vai ser apurado o 1º lugar, de um total de 10 equipas, da Liga de Ultimate de Praia na divisão mista. As 10 equipas vêm de Lisboa, Carcavelos, Palmela, Aveiro, Leiria (4 equipas), Portimão e Messines. No domingo, será a vez das divisões femininas e masculinas apurarem as equipas vencedoras.
Os vencedores das finais vão garantir a participação no Europeu de Clubes de Ultimate de Praia (EBUCC), a realizar em Portimão, em maio de 2020.


APUDD: A Associação Portuguesa de Ultimate e Desportos de Disco nasceu a 2 de Abril de 2011. É uma entidade sem fins lucrativos que visa promover, desenvolver e regular as práticas desportivas com disco voador em todo o País. É desde 2013 membro oficial da Federação Mundial de Desportos de Disco – WFDF, a entidade que gere dos desportos de disco a nível mundial, reconhecida oficialmente pelo Comité Olímpico Internacional em 2015. Para saber mais: http://portugal-ultimate.org

BULA: A BULA é uma organização dedicada ao desporto e aos estilos de vida cuja missão é apoiar, espalhar e promover o Espírito e o Desporto do Ultimate de Praia em todo o mundo. A BULA tem vindo a organizar Campeonatos do Mundo de Ultimate de Praia desde 2004. Como membro da Federação Mundial de Desportos de Disco – WFDF, a BULA conseguiu que a modalidade fosse reconhecida oficialmente como um Desporto de Disco em 2010 e, desde então, co-organizou Campeonatos Mundiais e Europeus de Ultimate de Praia com a WFDF em 2011, 2013, 2015 e 2017. Para saber mais sobre a BULA: www.beachultimate.org

terça-feira, 9 de julho de 2019

Tiago Monteiro vence em Vila Real



Tiago Monteiro repetiu o feito conseguido em 2016 e voltou a vencer em Vila Real na , terceira corrida do fim-de-semana do FIA WTCR by Oscaro. Quando poucos acreditavam vir a ser possível, o piloto português entrou na qualificação determinado em contrariar os últimos resultados e arrecadou o segundo lugar, garantindo largar para o derradeiro confronto da primeira linha da grelha. Depois da partida, uma ultrapassagem eximia ao seu companheiro de equipa colocou-o na frente da corrida. Faltavam mais de 10 voltas para o final da prova e Tiago não perdeu o foco, nem a esperança, nem a determinação, e levou ao Honda Civic Type R TCR a mais uma vitória ímpar. A primeira vitória do ano no WTCR mas sobretudo, a primeira vitória depois do grave acidente de que foi protagonista em Setembro de 2017 e que o atirou para fora das pistas cerca de um ano e meio e que o obrigou a uma difícil recuperação mas que teve ontem a justa recompensa.

A vitória conquistada mostra que a garra do piloto português não tem fim e que esta será certamente a primeira de muitas outras vitórias que virão: "Não tenho palavras para descrever o momento. O meu estado de felicidade é tal que não consigo colocar em palavras tudo o que estou a sentir. Pensar que há menos de dois anos estava numa cama de hospital sem saber se poderia voltar a competir e agora consegui, em Vila Real, na presença do meu público e da minha família, a festejar esta vitória que tem tanto, mas tanto significado para mim", começou por explicar emocionado.

A época 2019 começou bem, mas as últimas jornadas foram especialmente complicadas e até mesmo em Vila Real, o fim-de-semana não começou da melhor forma: "A época tem-se revelado particularmente complicada. Não temos conseguido mostrar em pista todo o trabalho que temos vindo a fazer. Mas, decidimos arriscar, ser audazes e isso deu os seus frutos. Estar na primeira linha da grelha, foi meia vitória. Para mim, terminar nos lugares do pódio já seria uma vitória", continuou.
Mas, sem hesitações e sem se deixar intimidar Tiago fez aquilo que sabe fazer melhor e tirando partido do apoio único do público em Vila Real, fez soar o hino português para o mundo inteiro num pódio sempre arrebatador: "Quando assumi o primeiro lugar sabia que tudo dependeria de mim. Foi difícil manter a concentração, sobretudo nas duas últimas voltas. Via o público a acenar constantemente, ouvia as vozes e sabia que todas aquelas pessoas queriam tanto como eu esta vitória. Por isso, quando finalmente vi a bandeira xadrez foi um alivio gigante e uma sensação fabulosa que nunca conseguirei descrever. Espero que esta vitória seja o ponto de viragem para o resto do Campeonato e que marque um novo recomeçar", concluiu Tiago Monteiro que não conseguiu esconder as lágrimas depois desta feito notável.

Tiago terá agora tempo para digerir todas as emoções, até porque a próxima ronda do WTCR só acontecerá de 13 a 15 de Setembro na China.

Fonte: TM18

domingo, 7 de julho de 2019

Portugal vence IKF Beach Korfball World Cup 2019


A Seleção Nacional de Corfebol de Praia sagrou-se Campeã do Mundo ao derrotar na final a poderosa Seleção da Holanda no IKF Beach Korfball World Cup 2019, que teve lugar em Bonson, em França.
A equipa liderada pela Selecionadora Nacional Isabel Teixeira registou um conjunto de resultados relevantes em toda a fase de grupos chegando às meias finais onde derrotou igualmente a Seleção Nacional da Bélgica uma fortíssima candidata ao título.

Foi assim que depois de derrotar a Bélgica por 6-5 se qualificou para uma final disputadíssima que chegou ao final do tempo regulamentar empatada a 7-7. Nas grandes penalidades Portugal saiu vitorioso fechando o resultado final de 9-8.
Muito apoiada por uma bancada cheia de entusiástica audiência a Seleção logrou assim conseguir um sonho de décadas do Corfebol português.
Já nas edições de 2017 e de 2018 Portugal tinha ascendido ao pódio como Vice-campeão, definindo-se assim como um adversário de respeito na disciplina recentemente implementada de Corfebol de Praia. 
Todos os atletas convocados participaram no Campeonato Nacional de Praia e foi com base no desempenho que tiveram no mesmo que foram selecionados para esta competição.
Coadjuvada por Rui Malcata, seu selecionador adjunto, Isabel Teixeira levou no seu plantel: Beatriz Pesca, Carlos Faria (capitão), Catarina Correia, David Falcão, Hugo Fernandes e Isabel Almeida. 
A equipa portuguesa, venceu no caminho para Campeã do Mundo as seleções da Marrocos, Inglaterra, França, Hungria, País de Gales, Bélgica e Holanda.

Fonte: FPC

sexta-feira, 5 de julho de 2019

O dia que grandes nomes desistiram no Ballito Pro pres. by O’Neill


© WSL / Ryan Janssens
Praia cheia em Willard Beach para outro dia de surf de classe mundial no Ballito Pro pres. por O’Neill
Série de qualificação da World Surf League (WSL) as séries de qualificação (QS) com condições inconsistentes,com ondas de 1.0 - 1.3 m, de modo que as baterias foram lentas e com uma baixa pontuação, foi o dia que se viu grandes nomes a desistirem do evento.

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Seleção Nacional de World Cup 2019 no World Cup 2019


comitiva Portuguesa comandada pela Selecionadora Nacional Isabel Teixeira partiu esta quinta-feira, 4 de julho,  para Bonson, França, onde irá disputar o IKF Beach Korfball World Cup 2019.

A equipa constituida por Catarina Correia, Ana Beatriz Pesca, Isabel Almeida (sub-capitã), Hugo Fernandes, Carlos Faria (capitão) e David Falcão conta ainda com a presença de Selecionador Nacional Adjunto: Rui Malcata.

O primeiro jogo da selecção portuguesa, realiza-se no dia 6 de julho pelas 12h00 (hora local, mais uma hora que em Portugal continental). 
Para além da equipa portuguesa, o campeonato conta com as selecções da Bélgica, Inglaterra, França, Hungria, Marrocos, Holanda e País de Gales.


Vídeos e simulador na ementa de trabalho dos pilotos estónios

Circuito de Vila Real (5/6/7 Julho) 


Quando, na primeira sessão de treinos livres, Robin Vaks e Mattias Vahtel saírem das boxes para cumprir as voltas iniciais à pista urbana de Vila Real já terão uma ideia bastante completa das caraterísticas do traçado e das trajetórias a seguir. Para quem é oriundo da Estónia e vai correr agora pela primeira vez naquela pista portuguesa, esse conhecimento prévio apenas é possível graças ao recurso à tecnologia, algo que Stirling Moss, Jean Behra, Ronnie Petterson ou John Miles, entre outros, não tiveram disponível… há 60 anos, na sua estreia neste mesmo circuito. 
Os jovens estónios da ALM Honda Racing fizeram trabalho de casa, com treinos no simulador e o visionamento de vídeos onboard da edição 2018 do WTCR em Vila Real. Quando interrogado sobre aquilo que vai dizer aos seus pilotos antes de irem para a pista, o manager da equipa com sede em Tallin, Martin Laur, não esconde: “Vou dizer-lhes que é preciso inteligência e algumas cautelas para chegarem ao fim de cada uma das duas corridas. Eu tento colocar o mínimo de pressão possível. Este ano ainda é de aprendizagem para ambos e, nesse contexto, há que acumular quilómetros. Acima de tudo, importa incentivá-los em pistas nas quais já têm alguma experiência, como, por exemplo, a de Barcelona, onde ambos fizeram testes muito recentemente”. 
Foi no Estoril, em Abril último, que Vaks e Vahtel se estrearam nos novíssimos Honda Civic Type R construídos pela italiana J.A.S. Motorsport e a partir daí não tiveram uma atividade muito regular, ao contrário do que possa pensar-se. “Disputei apenas duas corridas, dos campeonatos do Báltico e da Finlândia, mas ao longo deste tempo tive oportunidade de perceber melhor o carro e seguramente que já adquiri outro ritmo. Quanto ao resto, preparei as corridas de Vila Real no simulador com pessoas que nos dão um feedback positivo do nosso progresso. Como em Vila Real não há muito tempo nos treinos livres, esse trabalho no simulador é perfeito”, refere Robin Vaks, segundo classificado, ex-aqueo com Gustavo Moura (Audi S3 LMS), do TCR Ibérico, a 17 pontos de distância do líder Francisco Mora (Cupra TCR). 
Com apenas 16 anos e a cumprir a sua primeira época em corridas de carros de turismo, na sequência de uma carreira iniciada no karting, Mattias Vahtel diz-se pronto para enfrentar os desafios da pista citadina de Vila Real: 
“Participei em algumas corridas do TCR Báltico e tento estar cada vez mais próximo dos pilotos da frente. O meu objetivo próximo será conquistar um pódio, mas mais importante que isso é terminar corridas para adquirir experiência”, diz o piloto mais jovem do TCR Ibérico, acrescentando: 
“Estou ansioso por correr em Vila Real, por causa das particularidades do circuito. Já visionei diversos vídeos do WTCR, mas o trabalho no simulador também nos dá uma ótima visão geral da pista”. 

PROGRAMA HORÁRIO 
Sexta-feira (5 Julho) 
09h00/09h45 – Treinos Livres 1 
12h40/13h25 – Treinos Livres 2 
16h05/16h20 – Qualificação 1 
16h25/16h40 – Qualificação 2 

Sábado (6 Julho) 
14h10/14h35 – Corrida 1 (23 minutos + 1 volta) 

Domingo (7 Julho) 
09h15/09h40 – Corrida 2 (23 minutos+ 1 volta)


Fonte: TCR Ibérico


quarta-feira, 3 de julho de 2019

Momentos In Ballito Pro pres. by O'Neill





Jordy Smith (ZAF) avançou para a seguinte ronda no Ballito Pro pres by O'Neill

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Sucesso na 5ª edição do ArcosTouch

A quinta edição do ArcosTouch, realizada no passado dia 22 de Junho, em Arcos de Valdevez, contou com a realização da Final do Campeonato Nacional – Categoria Open Mix. 

Num emocionante jogo a Agrária/Nutriva viria a vencer a equipa Os Garranos/Hotel Luna Arcos de Valdevez na final por 4-3, com o jogo a ser decidido em Drop Off (Bola de Jogo), com apenas três jogadores em campo para cada equipa.

O Torneio ArcosTouch, contou com recorde de equipas participantes (18 equipas)  superando as 16 da edição anterior. 

Com a participação de cinco equipas estrangeiras vindas de Espanha, França e Bélgica, e  seis equipas da zona de Lisboa (CDUL, Técnico, Barbaros, Intocaveis Cascais, Benfica, e São Miguel), três de Coimbra (Agrária/Nutriva com duas equipas, e a AAC), GDM ElectroMoitense (Anadia), Porto (Invictus), de Tábua-Viseu (Tábua/Viseu2001) e claro está a equipa da casa, Os Garranos/Luna Hotel Arcos de Valdevez.

Na categoria Open All a equipa do CDUL, confirmou em Arcos de Valdevez o primeiro lugar, que trazia desde a primeira jornada, e sagrou-se o novo Campeão Nacional, batendo na Final a equipa Os Intocaveis de Cascais, em Drop Off (bola de jogo) por 3-2.

Já quanto à Categoria Open Mix, a final do Torneio viria a ser disputada entre duas equipas Belgas (Boitsfort e os Celtic), tendo os primeiros vencido por 4-2 e tornando-se assim os novos vencedores do ArcosTouch.
Quanto a prémios individuais, temos os seguintes vencedores:
CATEGORIA OPEN ALL:

- MVP Masculino: André Abrantes (Académica de Coimbra)
- MVP Feminino: Catarina (Barbaros - Lisboa)

CATEGORIA OPEN MIX:

- MVP Masculino: Luís Salvado (Garranos/Hotel Luna - Arcos de Valdevez)

- MVP Feminino: Houda Vernhet (Galaxy - Paris).

PRÉMIO EQUIPA FAIR PLAY: São Miguel – Lisboa.

A cerimónia de atribuição de prémios (do Torneio e Campeonato Nacional) contou com a presença de diversas individualidades: da FIT (Federation of International Touch), o Presidente Erick Acker; da EFT (European of Federation of Touch), Linda Acker e da TRP ( Touch Rugby Portugal), o Presidente Amilcar Seco.

Arcos de Valdevez esteve representado pelo Presidente da Autarquia, Dr. João Manuel Esteves; Vereador Sr. Nelson Fernandes e ainda pelo Presidente da Junta de Freguesia de Arcos de Valdevez Salvador, Vila Fonche e Parada, Sr. Rui Aguiam e claro está, pelos Presidentes dos Clubes Locais: C.R. Os Garranos, Sr. Paulo Gameiro e Presidente do CRAV, Dr. Fernando Manso.

Mas o ArcosTouch é muito mais que um torneio desportivo. O objectivo da organização do evento é o de preparar um programa que permita aos cerca de 500 visitantes, conhecer a região e disfrutar da gastronomia, hotelaria e visitar o comércio local; num cenário de beleza natural de Arcos de Valdevez, num fim de semana das festividades de São João.

Estas características fazem do ArcosTouch um Torneio de referência a nível internacional.

Informamos também, e em tom de despedida, que a 6ª Edição do ArcosTouch já tem data agendada: 20 de Junho de 2020.

Fonte: ArcosTouch/CRAV

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Filipe Albuquerque ataca a vitória em Watkins Glen

É já este fim-de-semana, de 29 e 30 de Junho, que Filipe Albuquerque regressa à actividade desportiva no IMSA Weather Tech Sports Car Championship em Watkins Glen. O piloto português junta-se a João Barbosa e Mike Conway no Cadiilac DPi-V.R com o #5 da Action Express Racing com o intuito de subir ao primeiro lugar do pódio numa corrida onde já foi bem sucedido.

A temporada 2019 não tem sido particularmente fácil mas, Filipe acredita que haverá uma altura em que esse ponto de viragem tem de acontecer, e esta será a altura ideal, caso queiram continuar na luta pelo título americano. A experiência e sucesso nesta prova especifica é uma motivação para os pilotos: “Já venci neste circuito e o João já o fez por cinco vezes, pelo que não podemos ambicionar menos que a vitória. Temos de recuperar os pontos perdidos nas últimas corridas. Tem sido um mês intenso de competição e esta adrenalina ajuda a manter as ambições e o foco nos objectivos”, referiu Albuquerque.

Filipe e João Barbosa ocupam o quarto lugar nas contas do Campeonato somando até agora uma única vitória em Long Beach e distam 15 pontos do líder quando ainda faltam cinco jornadas para o final da temporada: “Estou ansioso por começar este fim-de-semana. Vamos poder contar com a ajuda do Mike Conway que estará connosco neste evento e que, tal como eu, vem ‘fresco’ de Le Mans. Toda a equipa está motivada e ciente que não pode falhar. Por isso, é fazer o trabalho bem feito e acreditar até ao fim na vitória”, rematou o piloto de Coimbra.

O programa das 6h de Watking Glen arranca no sábado com a realização dos treinos livres e qualificação. A corrida está reservada para Domingo com início às 14.45h, hora portuguesa.

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Tiago Monteiro vence 24h de Nordschleife

Tiago Monteiro venceu as 24h de Nordschleife na classe TCR ao volante do Honda Civic Type R TCR do Team Honda ADAC Sachsen partilhando a condução com Dominik Fugel, Markus Oestreich e Cedrik Totz. Depois de uma jornada menos feliz no WTCR, Tiago termina o fim-de-semana no lugar mais alto do pódio depois de uma corrida intensa e repleta de lutas.


Terminado que está um dos fins-de-semana mais exigentes da sua carreira Tiago não escondia a satisfação pelo desfecho: "Estamos todos muito contentes com o resultado. Foi uma corrida emocionante com a vitória na classe, que foi sempre o nosso objectivo. Tivemos lutas muito acesas. A determinada altura os nossos adversários tiveram problemas, depois tivemos nós e andámos no limite para conseguir este resultado. A noite foi muito dura, tive de recuperar posições até às cinco da manhã, mas valeu tudo a pena. A Honda está de parabéns assim como toda a equipa que deu o seu melhor", começou por explicar o piloto português que fez questão de dar um agradecimento especial: "À Honda Alemanha, Castrol e Fugel Motorsport que tornaram esta vitória possível".

Tiago vence em prova de estreia e logo num dos circuitos mais exigentes do mundo: "E faz-me esquecer um pouco as corridas difíceis que tive este fim-de-semana no WTCR. O fim-de-semana não começou bem mas acabou da melhor forma possível. Agora, é olhar para a frente e focar-me noutro grande desafio que se avizinha: a jornada de Vila Real do WTCR", concluiu o piloto da Honda já a pensar na sua corrida em casa.

A jornada de Vila Real do FIA WTCR by Oscaro acontece de 5 a 7 de Julho.

Fonte: TM18



sábado, 22 de junho de 2019

Toques de adversários estragam corridas de Tiago Monteiro em Nordschleife

TM 18
A sair da 14ª posição da grelha de partida para as duas últimas corridas do FIA WTCR by Oscaro em Nordschleife, Alemanha, Tiago Monteiro esperava conseguir dois resultados nos pontos. No entanto, em ambas as corridas, toques de adversários estragaram a corrida do piloto português que, ainda assim, devido a penalizações, conseguiu pontuar e mostrar a performance do Honda Civic Type R TCR que este fim-de-semana esteve claramente melhor que nas jornadas anteriores. Terminou as corridas no 14º e 17º lugares.


No final, Tiago não escondia a frustração: "Sabemos que os toques são, na grande maioria das vezes, incidentes de corrida. Mas, quando nos estragam por completo o nosso trabalho deixa um sentimento de impotência. Foi exactamente o que aconteceu. Na primeira prova levei um toque na roda traseira que desequilibrou por completo o carro. Por mais que me esforçasse e tentasse aguentar os meus adversários, foi impossível", começou por referir o piloto português.

Para a segunda corrida que aconteceu logo de seguida, a equipa fez alterações no 'set-up' do carro e Tiago estava expectante quanto à performance: " Fiz um excelente arranque e recuperei três posições de imediato. Mas, logo de seguida levei outra pancada que me fez sair de pista. Decidi continuar em prova, não tanto para recuperar posições pois já sabia que seria uma missão impossível, mas para perceber se as alterações estariam mais ajustadas. Efectivamente resultaram bem. A performance não está perfeita mas está claramente melhor. Não foi o melhor dos fins-de-semana mas temos de continuar a trabalhar para chegar ao melhor possível nas próximas", rematou.

Concluídas as corridas do WTCR, Tiago vai enfrentar agora as 24h ADAC de Nordschleife que Tiago espera corram melhor. Um fim-de-semana intenso para o piloto português que só terminará amanhã pelas 14h.

Fonte:TM18

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Escola de Judo Ana Hormigo participou na ECup de Coimbra de Cadetes


A Escola de Judo Ana Hormigo realizou no passado dia 23 e 24 de maio em Coimbra, a sua última participação no circuito europeu do escalão de Cadetes previsto para a época desportiva 2018/19. 

Depois de Fuengirola (Espanha), Zagreb (Croácia) e Tula (Rússia), esta foi a última competição onde os jovens judocas do clube albicastrense poderiam tentar alcançar ranking e pontos no difícil circuito europeu da modalidade para tentar uma possível vaga e convocatória para o europeu e respetivo mundial deste escalão e ainda entre outros melhorar as capacidades técnicas e competitivas em competições internacionais, ganhando assim mais experiência competitiva. 

Assim, participaram na European Cup de Coimbra realizada no Pavilhão Mário Mexia, as atletas Bárbara Carriço -44 kg, Ângela Carriço -48 kg, Maria Rosário -52 kg e ainda os atletas Leandro Serra -55 Kg, Miguel Raposo -60 kg, João Alves -73 kg, João Gregório -73 kg e Manuel Salvado -81 Kg, todos tiveram uma participação bastante positiva apesar de não terem tido qualquer tipo de resultado de relevo, ou classificação final. 

Sabendo que que esta equipa é maioritariamente do primeiro ano do escalão de Sub17, fica o sentido de dever cumprido e do excelente trabalho que estes jovens atletas têm desenvolvido ao longo da época desportiva, conciliando os treinos diários com os estudos e a sua vida quotidiana. 

O grande objetivo é continuar a desenvolver e adquirir capacidades como atletas, tendo já marcado como outro grande objetivo da época a melhor participação e classificação possível no Campeonato Nacional de Equipas Cadetes, a realizar já no próximo dia 9 de junho e ainda participação na Super Copa de Cáceres (23 junho) e Open Internacional de Tomar (30 junho). 

Destaque para Bárbara Carriço e Sérgio Mendes que foram chamados à seleção nacional para participar no Estágio Internacional, que se realizou logo após esta importante competição do calendário internacional e que decorreu entre os dias 27 e 29 de maio, de referir que participou ainda do clube beirão a atleta Ângela Carriço.


Juvenis da Escola de Judo Ana Hormigo com Excelente Prestação em Torres Novas 

A convite da Associação de Judo do Distrito de Santarém, a Escola de Judo Ana Hormigo participou no Open Internacional de Juvenis organizado pela instituição ribatejana, que levou a efeito mais uma excelente organização e jornada de judo de formação. 

Esta competição realizou-se no Pavilhão Gimnodesportivo Palácio dos Desportos em Torres Novas e que contou com a participação de quase uma centena de atletas do escalão de juvenis vindos de vários clubes do nosso país e ainda da Suíça. 

Para os judocas, esta participação serviu de competição teste para o campeonato nacional deste escalão que se realiza já no próximo dia 8 de junho em Coimbra, sendo que os atletas beirões não fizeram por menos, conseguindo alcançar excelentes resultados, sendo o respetivo destaque para as vencedoras nas suas respetivas categorias obtendo o 1º lugar da classificação geral, Matilde Gonçalves -36 Kg, Joana Carvalhinho -57 Kg e Adriana Torres -70 Kg no setor feminino, sendo que no setor masculino realce para Rafael Costa -50 Kg, Rui Anjos -55Kg e Duarte Rosa +81 Kg que alcançaram um brilhante 2º lugar da classificação geral. 

Também participaram, mas sem classificação Mário Serrano -42 Kg e Francisco Duarte -46 Kg, que apesar das suas boas prestações não conseguiram sair de Torres Novas com o resultado que mais desejariam. 

Fonte :  Escola de Judo Ana Hormigo 

terça-feira, 4 de junho de 2019

ADJCB realizou o seu 3º Estágio Técnico Associativo no Fundão

A Associação Distrital de Judo de Castelo Branco no seguimento do seu plano de formação contínua, organizou no passado dia 24 de maio o seu 3º Estágio Técnico Associativo – 5º Grupo do Gokyo e Técnicas Extra Gokyo. 

Esta ação foi realizada no Fundão e teve a duração de 6 horas compostas por duas partes divididas ao longo do dia, pelo período da manhã e pelo período da tarde em partes teórico práticas, sendo lecionadas pelo responsável da Comissão Associativa de Graduações, o Mestre Sérgio Carvalho 4º Dan. 

Estas ações de formação incluídas no programa anual de formação da Associação Distrital de Judo de Castelo Branco, fazem parte de um ciclo de formações incluídas na formação específica de treinadores de judo e com atribuição através do IPDJ dos respetivos créditos para revalidação do título de treinador de desporto. 

Estiveram presentes vários atletas de inúmeros clubes do distrito de Castelo Branco e ainda de Portalegre, que aproveitaram assim para melhorar as suas capacidades técnicas com o objetivo ainda da realização dos respetivos exames de graduação.

Fonte : Associação Distrital de Judo de Castelo Branco

segunda-feira, 3 de junho de 2019

II Dia de Judo da Freguesia de Castelo Branco foi um Sucesso!


Mais de meia centena de crianças estiveram presentes e participaram no II Dia de Judo da Freguesia de Castelo Branco, organizado pela Associação Distrital de Judo de Castelo Branco e pela Junta de Freguesia de Castelo Branco, com o apoio dos clubes locais. 

Pelo segundo ano consecutivo a cidade e freguesia de Castelo Branco recebeu o II Dia de Judo da Freguesia de Castelo Branco realizado no passado dia 2 de junho de 2019 no Centro Cívico da cidade albicastrense, este evento tinha como propósito e objetivos à semelhança do ano anterior, a pretensão de realizar uma demonstração e apresentação da modalidade com vários atletas dos clubes da freguesia e do distrito, desenvolver uma aula convívio com todos as crianças presentes (judocas e não judocas) e ainda levar a efeito um torneio informal com regras adaptadas para todas as crianças não judocas com o lema “Um Pódio Para Todos”. 

E foi isso mesmo que se fez e que aconteceu, mediante um manhã muito divertida e bem passada, foi possível realizar a respetiva demonstração da modalidade, dando a conhecer aos presentes a modalidade, realizar uma pequena aula convívio com todas as crianças e jovens presentes e ainda a realização de um torneio que possibilitou a todas as crianças e jovens receberem um medalha de participação com o lema de “Um Pódio Para Todos”, um diploma de participação e um lanche de reforço para todos os participantes. 

Com esta iniciativa a Associação Distrital de Judo de Castelo Branco pretende continuar a divulgação e promoção da modalidade, bem como promover e cativar as crianças e jovens para a prática desportiva, mantendo hábitos e práticas de vida saudáveis, um agradecimento muito especial ao organizador conjunto, o inegável parceiro, a Junta de Freguesia de Castelo Branco pelo seu empenho e esforço num objetivo conjunto com a Associação Distrital de Judo de Castelo Branco, na pessoa do seu presidente Exmo. Sr. Leopoldo Rodrigues e o Exmo. Sr. Paulo Bernardino, ambos presentes na atividade em contato e apoio à população presente na referida atividade.

Fonte : ADJCB

quinta-feira, 9 de maio de 2019

World Enduro Super Series (WESS) no Toyota Porto arranca em Penafiel (Quintandona).

Prova já conta com 321 pilotos de 26 países e celebra 15 anos numa edição especial com a melhor lista de inscritos de sempre
É já amanhã (10 de Maio) que Lagares (Quintandona), em Penafiel, recebe a 15ª edição do Toyota Porto. Extreme XL Lagares numa das edições mais duras de sempre, numa organização da WESS e Extreme Clube Lagares, com o apoio da Câmara Municipal de Penafiel.
A prova foi escolhida novamente pela WESS como prova de abertura do campeonato mundial.
Esta competição volta a abrir as World Super Enduro Super Series (WESS) e já bateu todos os recordes, com 321 inscritos em representação de 26 países.
Na prova de Enduro, com a duração de três dias, os grandes nomes do desporto irão estar presentes, tais como Graham Jarvis, Alfredo Gomez, Wade Young e Nathan Watson, e ainda pilotos dos quatro cantos do mundo, prometendo assim uma intensa luta pelos lugares do pódio.
A corrida arranca na aldeia histórica de Quintandona, em Lagares, Penafiel, para a prova de EnduroCross que tem espetáculo assegurado com os pilotos a superarem uma pista com várias dificuldades e obstáculos.
Já no segundo dia os pilotos partem rumo à Ribeira do Porto para o Prólogo por onde passam por uma rota mítica para o povo portuense, contando com uma enchente de público para assistir à prova com um cenário magnífico, esta sessão irá definir a grelha de partida para o terceiro e último dia da corrida.
Depois do Toyota Porto Extreme XL Lagares, em Penafiel (Quintandona), o World Enduro Super Series segue para mais sete etapas, em França (17-19 maio), Áustria (30 maio a 2 junho), Itália (data a anunciar), Roménia (30 julho a 4 agosto), Reino Unido (21-22 setembro), Espanha (5-6 outubro) e Alemanha (2-3 novembro).

terça-feira, 7 de maio de 2019

Portugal estreia-se com uma vitória

EBUC / Philip Davali No jogo de abertura do Campeonato Europeu de Ultimate de Praia, na Praia da Rocha, em Portimão, Portugal venceu a República Checa por 13-6.

Leia a noticia no site

segunda-feira, 6 de maio de 2019

João Barbosa e Filipe Albuquerque tiveram de se contentar com o oitavo lugar em Mid-Ohio

A dupla portuguesa da Mustang Sampling Racing, João Barbosa e Filipe Albuquerque, tiveram um final de corrida em Mid-Ohio complicada não indo além do oitavo lugar final.

Depois da vitória em Long Beach, os pilotos do Cadillac com o #5 estiveram quase sempre no quinto posto neste confronto. Com a hipótese de tirarem vantagem de uma possível bandeira amarela, a equipa arriscou uma entrada nas boxes prematura, que acabou por não resultar, uma vez que a situação de bandeiras amarelas não se verificou.

“O início da corrida foi de loucos, mas era o andamento que tínhamos. Perdi um bocadinho na luta com um dos Acuras. O risco que corremos podia ter saído bem, mas infelizmente não resultou. Perdemos muitas posições que não conseguimos recuperar”, disse Barbosa.

“Apesar da falta de andamento estávamos a fazer uma corrida boa. Mas quando surgiu, aquela hipotética oportunidade, decidimos arriscar com o intuito de conseguirmos um lugar no pódio. Mas, nada disso aconteceu, e acabámos por perder muitas posições. É um resultado frustrante mas isto mostra bem que tudo pode acontecer nestas corridas. Agora já só pensamos na próxima”, referiu Filipe Albuquerque.

E a ‘próxima’ decorrerá em Detroit no dia 1 de Junho.

domingo, 5 de maio de 2019

Rali de Mortágua - Ricardo Teodósio o vencedor

A dupla Ricardo Teodósio/José Teixeira, no Skoda Fabia, sagrou-se este sábado vencedora do Rali de Mortágua, terceira prova do Campeonato de Portugal de Ralis, ao terminar com uma diferença de 8.9 segundos para Armindo Araújo (Hyundai i20). Se a meio da jornada, quando era quarto classificado, a 3,4s daquele último, então líder, Fontes prometia arriscar tudo, com pneus mais duros nas últimas seis “especiais”, assim o fez… até sair de estrada e entregar a vitória de bandeja ao algarvio. O piloto do Citroen C3 aproveitou a segunda passagem pelas duas classificativas mais extensas para cavar uma diferença considerável (10s) para o seu adversário mais direto, enquanto Araújo perdia o contacto (a 18,5s) com o duo da dianteira, tal como Miguel Barbosa (a 31,6s).

Contudo, o golpe de teatro aconteceu na penúltima “especial”, quando Fontes se despistou e ficou fora de prova, deixando via aberta para Ricardo Teodósio somar o seu segundo triunfo absoluto da temporada e ascender ao comando do Campeonato.

“Infelizmente para o Zé [Pedro Fontes] o rali correu mal, mas as corridas são mesmo assim. O meu foco no Rali de Mortágua era a vitória e consegui-a com um pouco de sorte. Eu estava a dar o máximo quando vi o Citroen fora de estrada e aí pensei que só me restava defender o primeiro lugar do Armindo [Araújo]. Ainda apanhei um susto na última classificativa, quando tive a impressão de que estava furado, mas não passou disso mesmo. Agora, venha o Rali de Portugal…”, disse, feliz da vida, Ricardo Teodósio.

O segundo lugar final também deixou Armindo Araújo satisfeito, como fez questão de salientar:

“No cômputo geral, o balanço e o resultado são positivos, pois sem cometer erros e perdendo tempo em algumas zonas, como nas super-especiais, ficámos perto da vitória, que foi inteiramente merecida pelo Teodósio. Em termos de campeonato, o segundo lugar foi uma boa operação”, disse o piloto da Hyundai.

Miguel Barbosa terminou no último lugar do pódio, algo que lhe soube a pouco, depois de na secção da manhã ter estado na discussão da vitória.

“Depois de ter montado pneus de mistura mais dura para a tarde e ter alterado a afinação do carro, este ficou inguiável. Tive imensa dificuldade em controlá-lo. Foi o descalabro, de um momento para o outro, ficando arredado da luta pelo primeiro lugar. Teremos de tentar perceber o que se passou”, referia o piloto do Skoda Fabia.
Daniel Nunes (Peugeot 208 VTI) dominou entre os carros de duas rodas motrizes, ao liderar desde a primeira classificativa deste sábado, para terminar com uma vantagem de 1m51,3s sobre Gil Antunes (Renault Clio). Filipe Nogueira (Peugeot 208 R2) foi terceiro.

No Campeonato Centro de Ralis, o duelo entre Fernando Teotónio (Mitsubishi Lancer) e Fernando Peres (Mitsubishi Lancer) acabou por ser favorável ao primeiro, no final das sete classificativas, por uma diferença de 13.6 segundos. Armando Carvalho (Mitsubishi Lancer) ocupou o último lugar do pódio. 

A próxima prova [quarta de nove] do Campeonato de Portugal de Ralis é o Vodafone Rally de Portugal (30 Maio/23 Junho), a prova portuguesa pontuável no Campeonato do Mundo.




Classificação final (oficiosa) do Rali de Mortágua

1º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia) 1h17m54,1s

2º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20) + 8.9s

3º Miguel Barbosa/Jorge Carvalho (Skoda Fabia) + 25.9

4º Pedro Meireles/Mário Castro (VW Golf GTi) + 45.8

5º Paulo Meireles/Marcos Gonçalves (Hyundai i20) + 2m27.7

6º Pedro Almeida/Nuno Almeida (Skoda Fabia) + 2.33.3

7º Joaquim Alves/António Costa (Skoda Fabia) + 3.12.7

8º Miguel Correia/Pedro Alves (Ford Fiesta) + 4.20.6

9º António Dias/Pedro Castro (Skoda Fabia) + 5.27.6

10º Daniel Nunes/Rui Raimundo (Peugeot 208 VTI) + 7.32.0

Campeonato Absoluto (após 3 provas): 1º, Ricardo Teodósio, 70,68 pontos; 2º, Ricardo Moura, 46,39; 3º, Miguel Barbosa, 39,82; 4º, Bruno Magalhães, 32,00; 5º, Armindo Araújo, 31,94.

sábado, 4 de maio de 2019

FPAK e o apoio aos clubes no Campeonato dos Açores de Ralis










Comunicado da FPAK sobre o apoio aos clubes organizadores de provas Do Campeonato dos Açores de Ralis


Face às dificuldades sentidas ultimamente, e com o intuito de continuar a fomentar o desporto automóvel na Região Autónoma dos Açores, nomeadamente no que aos ralis diz respeito, entendeu a FPAK apoiar os clubes organizadores das provas que compõem o calendário e que pontuam, exclusivamente, para o Campeonato dos Açores, através de uma comparticipação financeira que suporte os custos da cronometragem, e do observador FPAK às provas.

Esta medida é encarada pela FPAK como um passo importante na valorização do trabalho que tem vindo a ser feito até ao momento pelos clubes associados dos Açores, bem como pela manutenção dos níveis de notoriedade e participação, que têm sido apanágio desta modalidade na Região.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Pedro Perino vai representar Portugal no FIA Karting Academy Trophy 2019

Pedro Perino vai ser o sétimo piloto a representar Portugal na 10.ª edição do FIA Karting Academy Trophy. Promovida pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), a competição – que visa encontrar novos talentos e reúne, este ano, 51 pilotos oriundos de 47 países e 5 continentes – arranca já esta sexta-feira e prolonga-se até domingo, no traçado de Wackersdorf, na Alemanha.

Destinado a pilotos dos 12 aos 14 anos, indicados pelas federações dos seus países, Pedro Perino vai viver a experiência única de competir no FIA Karting Academy Trophy, já que, salvo raras exceções, apenas alguns pilotos podem voltar a disputar a competição e, ao mesmo tempo, privar com os mais ‘velhos’ que alinham nas categorias KZ e KZ2.
O FIA Karting Academy Trophy é uma competição monomarca, dado que todos os pilotos vão ter os seus karts equipados com motores Vortex, chassis Exprit e pneus Bridgestone fornecidos pela organização.

Pedro Perino vai realizar hoje os treinos livres e cronometrados, enquanto amanhã, sábado disputam-se as mangas de qualificação para a Final agendada para domingo. “Vou dar o meu melhor nesta nova experiência. Estar aqui é muito bom, pois vou correr com pilotos de 47 nacionalidades e o meu principal objetivo é, para já, qualificar-me para a Final”, sublinhou o piloto português.

Depois da primeira prova na Alemanha, o FIA Karting Academy Trophy vai passar por Itália, para a realização da segunda jornada, entre os dias 13 e 16 de Junho, na pista de Sarno, enquanto a terceira e última prova decorrerá entre de 19 a 22 Setembro, igualmente em terras transalpinas, no traçado de Lonato.

terça-feira, 16 de abril de 2019

Portugal recebe pela 1ª vez Torneio Europeu de Ultimate de Praia (Frisbee)



A Praia da Rocha, em Portimão, é o local escolhido para acolher pela 1ª vez o Torneio Europeu de Ultimate de Praia realizado em Portugal. É de 6 a 11 de maio que o areal algarvio se vai transformar em 14 campos de jogo para a disputa de mais de 400 partidas da modalidade, originalmente conhecida como Ultimate Frisbee.

Até ao momento estão inscritas 88 equipas de 22 países, num total de 1.350 atletas, que disputarão 8 categorias. A categoria Mista será a mais disputada, com 18 Seleções. Seguem-se a Masculina e a de Masters Masculina, com 14 formações, e depois a de Masters Mista, com 12 equipas. Com a regra A do ratio entre atletas masculinos e femininos em vigor, será um Ultimate de Praia verdadeiramente misto.

Portugal vai estar representado por 4 equipas, nomeadamente nas seguintes categorias: Masculina, Mista, Master Mista e Grand Master Masculina.

O Campeonato da Europa de Ultimate de Praia da WFDF 2019, em associação com a BULA, vai colocar frente a frente equipas de 5 jogadores. O Ultimate é um desporto que promove o ‘fair-play’, sem contacto físico e auto-arbitrado. Todos os jogadores são responsáveis por administrar e respeitar as regras.

“O Ultimate de praia ainda é uma modalidade relativamente jovem em Portugal, pelo que é natural que ainda não tenha alcançado o nível de outros países, mas acreditamos que este Europeu vai contribuir para a afirmação do desporto junto dos portugueses, principalmente das camadas mais jovens”, afirma Patrick van der Valk, da BULA, uma das entidades que organiza o evento, a par da Associação Portuguesa de Ultimate e Desportos de Disco (APUDD) e da Federação Mundial de Desportos de Disco (WFDF).

Foi precisamente pelas mãos de Patrick van der Valk e da sua mulher, Sofia Pereira, que o Ultimate de Praia chegou a Portugal, em 1995. Mas só no final dos anos 90 se faria o primeiro torneio, no Bar do Peixe, com cerca de 60 jogadores, quase todos vindos de fora.

O crescimento, nos primeiros anos, foi lento, mas aos poucos começaram a ser realizados torneios indoor, em relva, e na praia, e o jogo chegou a outras cidades. Em 2001, a primeira Seleção Portuguesa participou num torneio, em Espanha. Em 2004, Portugal foi anfitrião do primeiro Campeonato do Mundo de Ultimate de Praia (WCBU).

Desde então que a modalidade tem vindo a crescer e hoje conta com dez equipas em todo o País. No total, Portugal tem cerca de 250 jogadores, o que torna as posições conquistadas em competições internacionais ainda mais notáveis: 4º lugar na Divisão Mista do WCBU de 2011, seguindo-se resultados semelhantes no Campeonato da Europa de Beach Ultimate (ECBU) em 2013 e no WCBU de 2015.

A Associação Portuguesa de Ultimate e Desportos de Disco está empenhada em fazer o desporto crescer em Portugal e, nesse sentido, está a trabalhar com o Governo para que o Ultimate, juntamente com outros desportos, entre nos currículos das escolas e universidades portuguesas.

“No ano passado, tivemos três equipas nos campeonatos universitários, e este ano esperamos quatro ou cinco. Estamos a tentar firmar um protocolo com a Federação do Desporto Universitário para continuar a crescer, e estamos a tentar marcar uma reunião com a Secretaria de Estado e outras entidades importantes para lançar um folheto a explicar o que é o Ultimate”, refere o presidente da APUDD, José Pedro Amoroso.

Em 2016, o Ultimate foi reconhecido pelo Comité Olímpico Internacional (e poderá ser desporto olímpico em 2028); e, no ano passado, também pela Federação Internacional do Desporto Universitário e pela Federação Internacional de Desportos Escolares. Por cá, espera-se que o Campeonato Europeu de Ultimate de Praia contribua para o crescimento da modalidade entre os mais jovens. 
Fonte : ebuc2019

Hélio Fumo faz história ao vencer na Croácia



É a primeira vez que um português vence uma prova aberta inserida num evento do circuito mundial de trail.
Hélio Fumo pulverizou recorde da prova de 41 quilómetros realizada em Península de Ístria, ao terminar abaixo das 3 horas e retirando quase 20 minutos ao anterior recorde.

A sétima edição das 100 Milhas de Istria, na Croácia, ficaram marcadas pelo desempenho do atleta português Hélio Fumo, que venceu de forma categórica a prova de 41 quilómetros do evento do Trail World Tour, o principal circuito mundial de trail.

O português concluiu a prova de corrida a pé em trilhos, com mais de 1.100 metros de desnível positivo, em apenas 2 horas 55 minutos e 19 segundos, o que correspondeu a um novo recorde da prova com um ritmo de 4:17 minutos por quilómetros ou 14,03 quilómetros por hora.

“Quando corro é para dar o melhor de mim e para vencer. Vinha preparado para fazer um bom resultado, pelo que fico feliz pela vitória e pelo recorde da prova. O trail é um desporto de superação e acho que mais uma vez consegui elevar o nível e dar uma boa imagem de Portugal a nível internacional”, afirmou Hélio Fumo.

E acrescentou: “Triunfar numa prova aberta de um evento do circuito mundial é um momento histórico para a modalidade e espero que sirva de incentivo para todos os que se estão a iniciar na modalidade ou que já correndo possam motivar-se e superar-se.”

Esta foi a primeira vez que um português venceu uma prova aberta inserida num evento do circuito mundial de trail, sendo um importante marco para a história da modalidade em Portugal. Em 2018, César Duarte tinha vencido os 40 quilómetros integrantes do UTMB, mas a prova apenas estava aberta a corredores locais, sendo que o português teve a oportunidade de participar por residir na Suíça.


Novo recorde da prova e de forma destacada


Na Yellow Race das 100 Miles of Istria, realizada este fim de semana, os três primeiros classificados correram o percurso abaixo do recorde da prova, que pertencia ao esloveno Sebastijan Zarnik, com o tempo de 3m14m43s realizado em 2017. No entanto, Hélio Fumo venceu de forma destacada com um tempo “canhão” de 2h55m19s. O atleta da Compressport deixou o segundo classificado, o esloveno Marjan Zupančič a 16m18s e o romeno Andrei Ivanescu-Gliga, terceiro, a 17m02s.

Hélio Fumo tem 36 anos e pratica trail (corrida a pé em trilhos e montanha) há apenas 4 anos, sendo atleta integrante da Seleção Nacional de Trail que vai disputar o mundial da modalidade em junho, numa prova que se realiza na Serra da Lousã, em Portugal. Em 2017 foi 13º no Campeonato do Mundo da modalidade, naquela que é a melhor classificação de um português, ex aequo.

Hélio Fumo tinha previsto participar na prova mais longa das 100 Miles of Istria deste ano, mas teve de se restringir à prova com distância abaixo dos 50 quilómetros dado o período de limitação competitiva resultante da participação na Seleção Nacional, o atleta  faz parte das equipas da Compressport Internacional e da Runners do Demo e é apoiado por marcas e entidades como a Compressport, Fleed, Fitnis - Suplementos Alimentares, Global Light ou Farmácia Póvoa de Santo Adrião.
 
Fonte: #fazfumo

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Tiago Monteiro arrancou em grande no FIA WTCR by Oscaro 2019

Estava tudo a correr da melhor maneira possível para  Tiago Monteiro no regresso ao FIA WTCR by Oscaro que este fim-de-semana teve início de temporada em Marrocos. Depois do sexto lugar conseguido na corrida de ontem, Tiago Monteiro enfrentou hoje, logo pela manhã, mais uma sessão de qualificação. E com um andamento excepcional chegou à Q3, destinada aos cinco melhores em pista. Um feito notável depois de 18 meses de ausência. Arrecadou o quarto lugar. Teria assim pela frente mais duas corridas, uma em que sairia do sétimo lugar da grelha e a outra, a derradeira do fim-de-semana, do quarto lugar.

Com um pelotão tão competitivo e num circuito onde as ultrapassagens são muito complicadas, Tiago conseguiu cruzar a linha de meta na corrida 2 no sétimo lugar, posição em que arrancou. Para a última prova, as ambições eram maiores, já que os lugares do pódio estavam ali tão próximos. No entanto, o arranque foi complicado com um sem número de lutas, e numa altura em que procurava recuperar posições, algum optimismo por parte de alguns adversários resultou num toque, de e num adversário, e acabou com a sua corrida.

 
Hungaroring recebe a caravana do FIA WTCR by Oscaro a 27 e 28 de Abril. Resultados em www.fiawtcr.com